Getting ready – Baile da Vogue 2015

O baile de carnaval da Vogue é, sem duvidas, um dos eventos mais aguardados pelos fashionistas brasileiros.

Este ano recebi um convite mais que especial do Ralph Lauren para ir ao baile vestindo uma de suas criações.

O vestido que escolhi para ir ao baile foi o mesmo que usei no desfile da coleção Resort 2015. Quando o vi entre os vestidos selecionados na arara, não tive duvidas em qual eu escolheria. Nem precisei provar os outros, pois já sabia que o vestido cairia como uma luva, ele foi literalmente feito sob medida para mim. Eu não poderia ficar mais feliz com a minha escolha.

Com a ajuda do meu amigo e stylist Marco Gurgel, fiz uma seleção de acessórios na Swarovski e escolhi algumas joias com um toque étnico, um estilo um pouco mais exagerado do que estou habituada – devo confessar – mas no final, o contraste de maxi acessórios com a simplicidade do vestido resultou em um equilíbrio ideal para um look moderno e sofisticado.

Fernando Haddad foi o responsável pela beleza. Nos inspiramos na cultura Egípcia para fazer a maquiagem e optamos por um olho forte com um detalhe dourado. O cabelo preso num rabo de cavalo baixo, partido ao meio e liso.

Escolhi o Hotel Tivoli – Mofarrej – para ficar hospedada e me preparar para o tão esperado baile de gala. Foi difícil não ficar encantada com a extraordinária vista do parque Trianon e a deliciosa cesta de frutas de boas vindas.

Registrei com exclusividade para vocês os bastidores de toda a preparação para o tão esperado baile de Gala.

SAMSUNG CAMERA PICTURESvista do meu quarto/ the view from my room at Tivoli Hotel – Mofarrej.

The Vogue carnival ball is one of the most important events of the fashion calendar in Brazil.

This year I received a very special invitation from Ralph Lauren to go to the ball wearing one of his creations.

The dress I chose was the same dress I wore in the 2015 Resort Collection show. When I saw it among the dresses selected on the rack, I had no doubt in which I would choose. I didn’t even have to try the other ones. I already knew it would fit me like a glove; it was literally made for me. I could not be happier with my choice.

With a little help of my friend and stylist Marco Gurgel, I made a selection of accessories at Swarovski and chose some jewelries with an ethnic touch, a slightly more exaggerated style than I’m used to – I must confess – but in the end, the contrast of the maxi jewelry and the simplicity of the dress was the perfect balance to give a modern and sophisticated look.

The beauty artist Fernando Haddad was responsible for the makeup and the hair. We were inspired by the Egyptian culture and we opted for a very strong eye makeup, with a touch of golden eye shadow. A clean and simple hair, parted in the middle in a low ponytail.

I chose the Tivoli Hotel – Mofarrej – to stay and get ready for the ball. It was hard not to be impressed by the extraordinary view of the Trianon Park and the delicious welcome fruit basket.

I took some behind the scenes pictures of all the preparation of such a special night exclusively for you guys.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Vogue Brasil          Ralph Lauren          Swarovski          Tivoli Hotel

Marco Gurgel Stylist and creative consultant          Fernando Hadid Beauty artist

Look du jour: Marsalla

FashionCoolture - 12.02.2015 look du jour Amaro (1) FashionCoolture - 12.02.2015 look du jour Amaro (2) FashionCoolture - 12.02.2015 look du jour Amaro (3) FashionCoolture - 12.02.2015 look du jour Amaro (4) FashionCoolture - 12.02.2015 look du jour Amaro (5) FashionCoolture - 12.02.2015 look du jour Amaro (6)

.

vestido|dress: Amaro

bolsa|bag: Dafiti

bracelets: Amaro

sandália|heels: Esdra

.

   A inspiração do look du jour vem da cor do ano, segundo a Pantone, marsalla. Amo esses tons de vinho e já usei muitos looks burgundy aqui no blog. O vestido boho da Amaro é absolutamente perfeito para quem ama a cor, com detalhe em tassel. Apostei em um look quase monocromático com variações no tom, usando a bolsa Dafiti, os braceletes da Amaro e o sapato maravilhoso da Esdra.

—————————-

    Today’s inspiration for look du jour comes from the Pantone colour of the year, marsalla. I love this colour and all the variations of wine, burgundy, etc. I’m wearing a gorgeous dress from Amaro with tassels. This is an almost monochromatic outfit, also wearing Dafiti bagAmaro bracelets and Esdra amazing heels.

.FashionCoolture - 12.02.2015 look du jour Amaro (7)

A vez das sardas

os Achados | Beleza | A vez das sardas

Que minha dermatologista não me ouça (ou leia), mas sempre quis ter sardinhas. Acho um charme! Já até arrisquei (erro, confesso!) tomar sol sem protetor para ver se elas apareciam, mas não adiantou nada.

E aí que elas têm sido apontadas como “tendência de beleza”. Acreditam? Pois é!

Se você é sortuda como Julianne Moore, Lindsay Lohan, Gisele Bündchen, Magdalena Jasek, Olivia Munn, Twiggy, Emma Watson, Penelope Cruz, Lucy Liu, Cintia Dicker, Emma Stone e Kate Moss, não esconda! Use uma base de cobertura leve e deixe esse charme à mostra.

Agora, se você não tem as pintinhas, pode dar um truque. Isso mesmo! Alguns desfiles apostaram nas sardas fake, feitas com lápis ou delineador.

Parece piada, mas é verdade. Até a Topshop lançou seu lápis específico para isso. Eba! Você também pode usar o lápis da MAC (cor coffee) ou a canetinha de sobrancelha.

Quem usou do artifício? Preen, Adam Selman, Oscar de la Renta – SS 2015

No famoso blog Into The Gloss tem uma matéria e um vídeo fofo ensinando como fazer.

Não está convencida? Segundo o makeup artist Roosevelt Vanini, do Celso Kamura, em entrevista à Bazaar “as sardas representam a jovialidade, remetem à infância, trazem esse viço com tanta naturalidade, tudo o que a nova era da maquiagem proporciona. E antes de tudo a mulher precisa ser sensata, entender a cor da sua pele e o seu rosto. Não adianta fazer sardas em peles mais escuras, porque não é da natureza da dela ter sardas. Elas não são uniformes, portanto não adianta fazer pontinhos iguais no rosto, do contrário, ficará parecendo uma fantasia de festa junina”.

Anotado? Que tal? Até a musa Gisele confessou que usa o truque para realçar as suas e aparentar ser mais jovem.

Tá esperando o que? Use com bom senso e arrase!

The post A vez das sardas appeared first on Os Achados.

On the Street…Rue des Archives, Paris

12515simpleB7685

Olivia’s (Valentines Day) Must Have: Loveprint Jewelry

unnamed-1

Having trouble finding that perfect gift for Valentine’s Day? We here at OliviaPalermo.com have found the solution to all of your gift-giving woes! For a thoughtful and creative gift, look no further than Loveprint Jewelry. Designed by jewelry artist Camille Cesari, Loveprint is a chic and original way to keep your loved ones close to you. Loveprint is the finger or paw print impression taken in soft wax and then cast in sterling silver or gold. You can choose to have your print transformed into a pendant, cuff links, ring, key ring or bracelet. You can visit Camille at her retail store in Jersey City to have the impression taken (it’s best to call or email for a Loveprint appointment) or you can order the kit online at LoveprintJewelry.com and do the prints at home. Return the kit, wax impressions, and order form and your one of a kind Loveprint will be shipped to you in about 3 weeks. In factOlivia even has  her very own Loveprint of Mr. Butler’s paw and Tommy Hilfiger has a Loveprint of his pooch too. Finding a unique and personal gift is never easy, but Loveprint has solved that dilemma, declaring chocolate and flowers a thing of the past!

Cabelo: Wella System Professional Luxe Oil

luxeoil1

Wella System Professional Luxe Oil

O Luxe Oil é tipo a versão da Wella do famoso Moroccan Oil, porque ambos nutrem os fios, tem um cheiro incrível e podem ser usados de várias formas diferentes: antes de secar os cabelos, depois de secar os cabelos, para definir cachos, como tratamento noturno, etc.

O Luxe Oil é indicado para cabelos secos, danificados ou que estejam sem vida.

Sua fórmula contém óleos super hidratantes de argan, amêndoas e jojoba e combina ingredientes nutritivos para deixar os fios até 10x mais macios.

luxeoil2

Amostra de dois pumps do Wella System Professional Luxe Oil

Eu normalmente uso um pouquinho dele nas pontas depois do babyliss ou da chapinha e também uso logo depois de sair do chuveiro, independente de usar secador ou não para secar o picumã.

Ele é um óleo, mas não é pesado e não deixa o cabelo gordurento, tem um cheirinho muuuuito gosto e os fios ficam mais macios (só não sei dizer se chegam a ficar 10x mais macios como fala a descrição).

Não é um produto barato, mas o frasco de 100ml rende bastante.

Depois do banho, uso uso três ou quatro pumps e espalho da metade da cabeça para baixo.

Quando faço chapinha, uso um pump e aplico apenas nas pontas depois de modelar o cabelo.

Às vezes, combino o Luxe Oil com o spray da mesma linha (post aqui) para finalizar.

Uso ele há uns 5 meses (intercalado com outros protetores e leave-ins) e o frasco ainda não chegou na metade, o que é bom, já que o Luxe Oil custa uns R$100, néam?!

O meu recebi via assessoria, mas também tem pra vender em salões de beleza e no site Beleza na Web (por R$104,90).

É CARNAVAL!

Hey pessoal! Como estão?!
Bom, estou escrevendo para dizer que estou indo hoje para Salvador curtir alguns dias de Carnaval e talvez o blog fique um pouco parado tá?!

Mas não se preocupem porque quero que também divirtam-se nesses dias e quero só dizer que eu voltarei LOTADA de surpresas e novidades que tenho certeza que vão amaaaaaar!

Ah, muito juízo viu?! E aproveitem com moderação e a cabeça no lugar! Enfeitem-se porque afinal é Carnaval e tudo é possível, nada é exagero ne?!

Olha eu em ritmo já oh:

(null)

Adereços – Can Can Acessórios | vestido – Iorane

Acho que não aguento muito ficar sem postar, na verdade! Hahaha… Vamos ver quando volto!

Bisou, bisou!

Resenha: Ésika Color Maxtime Batom Duo Tattoo Intenso (cor Rojo Passion)

esika2

StarStarStarStarStar

3,6 estrelinhas

Dura mais que batom “normal”, mas não faz milagres (e não chega nem perto das 24 horas da descrição).

A descrição no site da Ésika diz o seguinte:

Batom e gloss em um único produto.

Cor intensa ou brilho molhado? Não pense mais…leve os dois em um único produto!

Até 24 horas de cor.
Forte hidratação e suavidade.
Não borra.
Não mancha.

O duo está disponível em 13 tons. Ele custa R$15,90 e pode ser adquirido com as representantes da marca no mesmo esquema de Avon e Mary Kay.

Para encontrar uma revendedora perto de você, clica aqui.

esika1

esika3

Ingredientes

O Duo tem uma ponta de batom líquido e uma ponta de brilho labial hidratante.

Recebi para testar a cor Rojo Passion, um vermelho tomate.

O batom líquido tem aplicador de ponta de esponja e sua textura é BEM líquida.

Para finalizar a aplicação, precisei passar o dedo para deixar a cobertura homogênea na boca toda, porque o líquido acumulou em algumas áreas dos lábios (especialmente nas bordas).

Depois o líquido seca, os lábios ficam um pouco grudentos.

Depois que seca por completo, o acabamento é mais fosquinho e a sensação na boca é bem seca.

esika4

esika5

Amostrinhas Rojo Passion

A indicação de uso é de aplicar o batom líquido, esperar uns minutos para secar e depois aplicar a cobertura de brilho.

Esta cobertura é transparente e dá um acabamento levemente molhado ao batom líquido.

O duo não transfere, mas depois de algumas horas após a aplicação, a boca fica seca novamente e é preciso reaplicar o brilho, porque a sensação é levemente desconfortável e porque o vermelho começa a esfarelar/soltar floquinhos sem ele.

esika6

Batom após um dia inteiro

A duração é boa, mas depende muito do que você comer no jantar ou no almoço.

No meu caso, depois de lanchar, almoçar e lanchar de novo, o batom saiu quase todo na parte de baixo da boca (sobrou só na margem) e ficou muito mais fraco na parte de cima.

Resumindo:

24 horas só em manequim que não come nem bebe nada, viu?

É um batom com preço muito bom e de fixação razoável se você não comer horrores de coisas e lembrar de reaplicar o brilho depois de algumas horas, porque a cor começa a descamar se a boca estiver ressecada.

Detalhes da nota:

Textura/Aplicação: 3/5
Cobertura/Pigmentação: 4/5
Fixação: 4/5
Preço: 5/5
Apresentação: 3/5
Relação Realidade x Descrição Oficial: 3/5
Média: 3,6

Para visualizar a lista completa de critérios e notas, clique aqui.

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

Apresentando: Consuelo Responde!!

Apresentando: Consuelo Responde!!
moda | estilo | afins | Consuelo Blocker.

Vamos tentar algo de novo?…. Quer me perguntar algo?  Mandem suas perguntas ao consueloresponde@gmail.com e em vídeos semanais vou responder às suas perguntas!  Vamos tentar?… Errei o email no vídeo, o certo é mandar as perguntas ao consueloresponde@gmail.com .  Adoraria … Continue reading

Apresentando: Consuelo Responde!!
moda | estilo | afins | Consuelo Blocker.

Ser vegana

os Achados | Comportamento | Ser vegana

Primeiro, quero fazer uma ressalva: com este texto, não quero convencer ninguém a ser vegetariano ou vegano. Quero apenas dividir a minha experiência, as minhas dificuldades e descobertas, para assim quem sabe ajudar quem está tentando ou gostaria de seguir este caminho e torná-lo menos solitário.

Depois de viver um período delicado de saúde, cuidar da minha alimentação deixou de ser uma preocupação chata e passou a ser parte natural do meu dia a dia, com responsabilidade. Não diz a frase que o segredo para a liberdade é a eterna vigilância? Ser livre dá trabalho mesmo. :)

E responsabilidade pede tempo e implicação. Não tem atalho. Então estou estudando e cozinhando mais, tentando reduzir comidas industrializadas com seus muitos ingredientes impronunciáveis e redescobrindo o prazer em uma alimentação mais simples. Ser vegetariana — e agora vegana — me pediu para olhar para outros alimentos e combinações, que a maioria das dietas não considera no dia a dia. E aqui não falo em dieta como restrição de calorias, mas apenas em dieta alimentar, sem a conotação negativa que a palavra traz consigo hoje.

Tornar-me vegana, depois de muitos anos sendo vegetariana, fez com que eu descobrisse muitas combinações deliciosas, muitos novos sabores e, principalmente, fez com que eu me aventurasse mais na cozinha. É preciso compensar a falta com criatividade e aí que um novo mundo começa.

Hoje existem receitas ótimas ao nosso alcance fácil nas redes sociais, como as da The Veggie Voice e as da Papacapim, que adoro. Acompanhando as duas, boa parte dos seus desafios no mundo vegano está resolvido. As autoras, Alana Rox e Sandra Guimarães, trazem muitas informações relevantes e verdadeiramente úteis que facilitam muito a vida de quem não sabe nem como começar. Recomendo também as receitas da Bela Gil — nem todas são veganas, mas boa parte é (como a deliciosa moqueca de banana da terra). Fiz um workshop recentemente com a Alana e foi muito legal. Aprendi receitas novas, e mais importante: aprendi a criar minhas próprias receitas com mais autonomia e conhecimento.

Ainda existe muito preconceito, sim. Há quem ache impossível ser vegano e ser feliz com a sua alimentação. Quem acredita que uma dieta vegana é sem graça e só serve para quem não tem prazer em comer. Que a alimentação vegana é incompleta, porque não tem todos os nutrientes de que precisamos. Que é praticamente impossível ter uma vida social com tantas restrições.

Pois eu amo comer (quem me conhece, sabe) e jamais conseguiria abrir mão de comer com prazer. Sair da zona de conforto só trouxe ainda mais sabor para as minhas refeições, ao contrário do que se possa imaginar. E hoje existem massas veganas, leites veganos maravilhosos (muito mais saborosos), sobremesas incríveis (você jamais acreditaria que não levam leite, manteiga e ovo). E restaurantes comuns com opções veganas, sim (nem sempre estão no cardápio, mas se você pede ao chef, especialmente se liga antes, quase sempre é atendida).

Quando a gente se dá conta que a maioria dos receios e dos preconceitos se dá por desinformação, a vida vegana fica bem mais fácil. A vida em geral também. :)

Depois que eu tirei os derivados de leite e o ovo, minha saúde melhorou bastante. É uma experiência pessoal, claro. Não quer dizer que vai ser assim com todos. Mas eu tinha um quadro alérgico respiratório recorrente, com algumas complicações. Hoje raramente tenho crises — meu dia a dia está livre de tosse e nariz escorrendo.

Também me sinto honestamente mais leve, e isso não tem a ver com peso. Minha digestão era mais lenta, meu intestino funcionava como se estivesse sempre de férias, nada ia muito bem.

Não apenas por saúde, mas também por ideologia, o incômodo chegou de vez. Sendo vegetariana, eu acreditava que já estava sendo coerente com meu amor e respeito pelos animais. Que a vida dos animais era tão valiosa pra mim como as das minhas gatas. Entender que gatos e cachorros são seres vivos com sentimentos que merecem consideração e cuidado a gente já consegue. Mas pensamos na vaca, no porco, no coelho, na galinha como primos muito, muito distantes. Mas são todos animais. Por mais que a gente se esforce em não enxergar, são seres complexos, com sentimentos complexos, e para mim é muito claro que a vida deles deveria ser respeitada também.

Depois que entendi que nem todas as fazendas e granjas tratam os animais com dignidade é que fui percebendo o quanto consumir derivados do leite e ovo poderia sim ainda ser bastante cruel. E que deveria haver uma outra forma de existir neste planeta. Que a agropecuária, inclusive, é uma das principais causas para a crise que estamos vivendo atualmente (leia mais aqui).

Nem sempre a gente está pronto para assimilar tudo isso. Eu já tentei ser vegana antes e falhei. Não era minha hora. Precisa haver uma porta aberta para a comoção que a gente não consegue acessar tão fácil. Não é apenas uma decisão racional.

Mas 2014 foi um ano bom e difícil. De repente, a porta se abriu, eu entrei e aqui estou. Quando é o momento certo, não parece tão difícil assim.

Ser vegano requer disciplina, mas a mim não parece uma disciplina ruim. Pensar no alimento antes. Ler o rótulo quando fazemos compras. Conhecer marcas e restaurantes que já oferecem opções prontas. Especialmente para quem vive em grandes cidades como São Paulo, escolha é que não falta. Para quem quer comprar tudo em um só lugar, tem o site Casa Veg, só com produtos veganos (você precisa provar a delícia que é o mandioqueijo e as pastas da La Pianezza — adoro a de alcachofra e a de azeitonas, super bem temperadas).

Para quem não consegue viver sem um bolinho delicioso, nem tudo está perdido: o atelier Doce Cariño faz opções lindas e de dar água na boca — todas veganas.

Fiz também uma pequena lista de alguns restaurantes que têm muitas opções interessantes de pratos veganos. Olha só:

- Super Natural: tem duas unidades, uma na rua Augusta com a Estados Unidos, no Jardins, e outra em Perdizes. Conheço mais a da Augusta e gosto bastante. Além do buffet que tem muitas opções gostosas, tem um café, com sanduíches e sobremesas maravilhosas (o forte da casa pra mim são as sobremesas) e também um mercado com produtos orgânicos, farinhas e ingredientes mais difíceis de encontrar.

- Le Manjue Organique: fica na Vila Nova Conceição. O espaço é lindo e o chef, muito talentoso. Quase tudo que provei lá foi uma delícia: o chips de banana verde com molho de pimenta, a sopa de cenoura com anis (melhor sopa!), o crepe de cacau com creme de avelã (hummm!). Vale ainda levar pra casa o Ganache de Cacau, feito de biomassa de banana verde, com gostinho de pasta de avelã com chocolate. Tem que provar pra entender como comida vegana pode sim ser deliciosa! Vencer os preconceitos contra os nomes naturebas. O restaurante tem opções não veganas para os amigos, então dá pra confraternizar numa boa com quem não abre mão da carne e do peixe.

- Banana Verde – fica na rua Harmonia, na Vila Madalena (a Vila tem muitas opções vegetarianas legais). Você pode escolher a opção de buffet de saladas + prato principal (prato do dia ou sugestão do chefe) + sobremesa. Todos os pratos são vegetarianos, mas nem todos são veganos. Problema nenhum: basta avisar ao chef e, se não tiver uma opção vegana de cara, eles preparam pra você com boa vontade e agilidade.

- Vegacy – fica na rua Augusta, próximo da Paulista. É simples, com temperos mais fortes. Uma boa opção para quem sente saudade de pratos preparados com carne: eles têm um hamburguer de calabresa vegano, por exemplo. E também cachorro quente, com maionese vegana e salsicha de soja + tudo que tem direito. Quem disse que vegano não pode enfiar o pé na jaca? Eles têm muitas opções de sobremesa também. Além dos sanduíches, funciona como um buffet.

- Cereal Brasil – fica na rua Rodésia, na Vila Madalena. Acho que tem uma nova unidade em Moema também. Comida caseira e muito saborosa. A maior parte das opções é vegetariana, mas dá pra passar bem com as delícias veganas que existem por lá. O ambiente é simples, mas o serviço é ótimo, super atencioso. Eles também vendem alguns pratos congelados.

- Alternativa Casa do Natural – fica na rua Fradique Coutinho, também na Vila Madalena. Mesmo esquema: buffet simples, mas desta vez com quase todas as opções essencialmente veganas. Pratos ovo lacto são exceção. E tem muita variedade de saladas, pratos quentes e sobremesas, além de um café com salgados e um mercado na frente com muitos produtos naturais.

- Taste and See – para quem está na Vila Olímpia, este restaurante vegetariano e vegano promete. Eu ainda não conheço, mas ouvi bons comentários.

Observação: se você não mora em SP, aqui uma lista de restaurantes veganos em diversas localizações no Brasil.

Mas se o que você quer é ir a um restaurante comum, para acompanhar os amigos não veganos, tem algumas ótimas opções. Olha só alguns exemplos:

- Tuju – fica na Fradique Coutinho também. O Tuju tem horta própria e apenas um prato vegano, mas que está entre os meus preferidos e faz valer: nhoque de abóbora com molho de cebola (é só pedir sem a telhinha de parmesão). Um prato delicado que me deixa sempre feliz. A salada da horta também é uma boa opção de entrada, com sabor bem diferente.

- Maní – fica na rua Joaquim Antunes, no Jardim Paulista, e é um dos meus favoritos. A chef Helena Rizzo merece cada um de seus prêmios e o ambiente é muito legal: bonito de um jeito descomplicado, faz a gente sempre se sentir à vontade. Comece com o maravilhoso bombom de guacoamole com biscoito de fubá e consulte o chef sobre opções veganas de pratos como o talharim de pupunha e os falsos tortéis de abóbora.

- Arturito – fica na rua Arthur de Azevedo, em Pinheiros. Para quem acompanhou o Masterchef, é o restaurante da Chef Paola Carosella. O movimentou aumentou com a popularidade, mas se fizer reserva, é bem tranquilo. Também tem um único prato vegano, mas Paola acertou em cheio na combinação e nos temperos. Antes era um hamburguer de falafel com tahine delicioso (fiquei triste quando saiu). Agora entrou no lugar um prato com lentilhas vermelhas e tahine, que é uma alternativa justa. Só se lembre de pedir sem ovo (não faz falta nenhuma, você vai ver).

- Beato – fica na rua dos Pinheiros, em Pinheiros. Tem uma entrada que estou ansiosa pra provar: pupunha, alho poró, pêra, melaço e avelã.

- De La Paix Bistrô – fica na rua Tupi, entre Higienópolis e Pacaembu e é uma graça. Ambiente tranquilo, com inspiração meio marroquina, meio francesa. Tem um filet sabor espinafre com molho de mostarda, arroz e legumes, e também um falafel delicioso.

Na verdade, quase todos os restaurantes têm uma opção vegana — ou podem ter se você ligar antes e pedir uma sugestão especial ao chef. Todo risoto pode ter a manteiga substituída por azeite, por exemplo.

É bem menos trabalhoso e excludente do que parece. E se você está tranquilo sobre as suas escolhas, não teme que os amigos se incomodem e tentem constrangê-lo.

Você respeita as escolhas deles, eles precisam respeitar a sua, certo?

Ser vegano também é um modo de vida que vai além da alimentação. A ideia é não consumir nada que tenha origem animal. Mas se antes as opções eram estritas, hoje temos marcas maravilhosas e acessíveis, como a Lush, que tem cosméticos incríveis. Adoro o tônico para rosto, os sabonetes e a maquiagem. Mas você encontra de tudo por lá: cremes, shampoos, tratamentos, sprays, espuma de barbear, pasta de dente em barra etc. A Lush é contra testes em animais e consegue entregar qualidade sem crueldade. A marca tem origem inglesa e uma história muito interessante que vale conhecer. Dá pra comprar online, mas se puder, vá visitar a loja spa que fica nos Jardins. Gosto muito de lá.

Marcas de roupa vegana?

- Tem a Stella McCartney, que você pode comprar online no Brasil pela Farfetch, além da coleção Stella X Adidas.

- Eu adoro a Osklen pela consciência ambiental e pelo design minimalista. Acho que os temas das coleções são sempre criativos e rendem estampas lindas. A maioria das peças são feitas com tecido de fibras naturais, mão de obra nacional e produzidas de uma maneira sustentável. Aliás, já conhece o Instituto E, criado e mantido pela marca? Existem peças de couro de peixe e de couro reciclado, mas tem muitas outras opções sem nenhum produto de origem animal. Dá pra escolher tranquilamente.

- A marca de sapatos Insecta Shoes é outra boa pedida. E a marca de bolsas e acessórios Canna. As duas têm sido elogiadas pela qualidade e pelo design. Algumas marcas tradicionais de bolsas e sapatos têm opções em couro ecológico e outros materiais cruelty-free, então mesmo em lojas comuns é possível fazer as suas compras veganas.

- O site Modefica tem feito um trabalho muito legal em falar sobre marcas e iniciativas com esta filosofia, como nesta matéria aqui. Vale acompanhar também.

Para saber quais empresas não testam em animais, confira essa lista.

No começo, pode parecer impossível incorporar tudo isso ao nosso dia a dia. Mas um passo de cada vez e você perceberá que não só é possível, como divertido, porque um outro universo de possibilidades se abrirá.

Ter que se informar sobre os produtos que você come, usa e veste não precisa ser uma tarefa chata. Ser consciente dá trabalho, mas pode ser um trabalho que você faz com prazer se acreditar em seus objetivos.

Eu não tenho preconceito contra quem come carne — podemos almoçar juntos sem que eu olhe feio para o seu prato (só não prometo se for foie gras e outros absurdos do tipo. No mais, respeito as nossas diferenças sem qualquer mal estar). Por exemplo: sou a única vegana da família e isso nunca foi uma questão entre nós — especialmente não do meu lado. Meu marido não é vegano e convivemos muito bem, com muito respeito pelas nossas diferenças.

Mas se não tento convencer ninguém do que acredito como se fosse a voz da razão, também não vou aceitar que façam o mesmo e ridicularizem as minhas escolhas. Muitas vezes deixei de me posicionar como estou fazendo aqui, porque sabia que seria julgada e incompreendida. Não vou mais fazer isso. Esta foi uma resolução de ano novo que estou cumprindo feliz! Quem não puder me entender e respeitar não vale conviver.

Não me importo de responder à pergunta que todos invariavelmente fazem quando descobrem que sou vegana: por que eu fiz essa escolha? Saúde, boa forma, amor aos animais?

A verdade é que desde muito pequena, sempre associei a carne ao animal da qual ela vinha. Associava diretamente e por isso nunca consegui ter prazer em comer. Era um sofrimento. Comi enquanto criança (obrigada) porque antigamente havia a crença de que na infância é essencial ter proteína de origem animal, especialmente na fase de crescimento. Hoje a gente sabe que é um mito. Existiram muitos outros mitos que precisei desconstruir, e existirão outros tantos. Mas acho que esta é uma boa tarefa: questionar e esclarecer. É uma tarefa que não me importo em realizar.

Admitir meu amor pelos animais, meu respeito pela vida deles, não pode ser algo que me enfraquece. É uma das poucas coisas que me definem, porque é uma das poucas que certamente não posso abrir mão. Está em mim como eu mesma.

E digo com sinceridade: é tão gostoso quando a gente volta a olhar pra dentro, quando a gente pensa na alimentação não com culpa (e não estou falando de calorias, mas em outras culpas), mas como algo que a gente pode e deve fazer com prazer, com amor, começando pelo amor próprio, respeitando as nossas escolhas sem se envergonhar delas.

Se reinventar não é tarefa fácil, especialmente quando além de convencer a si mesmo é preciso convencer o mundo, que não ajuda muito nesse caminho.

Então se você está enfrentando dilemas parecidos, saiba que não está sozinho. Que existe muita informação hoje, e que a informação é a melhor arma para combater o preconceito. Ser diferente não é ruim — mesmo que o mundo tente te convencer do contrário. :)

Se quiser outras dicas ou conversar sobre vegetarianismo/veganismo, meu email é fabianesecches@gmail.com e vai ser um prazer ajudar.

The post Ser vegana appeared first on Os Achados.

Como fazer coxinha de frango com catupiry – O Chef e a Chata

coxinhas_ochefeachata3

Taí uma coisa que eu nunca pensei que fosse fazer: coxinha!! Sempre amei coxinha (como não amar??), mas também sempre me pareceu meio complicado de fazer. E bem, eu não estava tão enganada. Parece fácil, mas na hora de moldar nossas coxinhas a gente custou, hahaha! Apelidamos de little monsters, de tão lindas que ficaram!! Depois que empanamos deu uma melhoradinha, hahah, mas eu suei nessa receita. Vem ver:

Ingredientes:

massa
500 ml (2 xícaras) de leite
500 ml (2 xícaras) de água
150 g de manteiga com sal
1 colher (chá) de sal
500 g (4 xícaras) de farinha de trigo

recheio
1 kg de frango cozido e desfiado
2 colheres (sopa) de azeite
½ xícara (chá) de cebola picada bem pequena
½ xícara (chá) de alho picado bem pequeno
3 colheres (sopa) de polpa de tomate
300 g de catupiry
240 ml (1 xícara) de leite
salsinha picada

para empanar e fritar
200 ml (3/4 de xícara) de leite integral
2 ovos
farinha de rosca
óleo de soja para fritar

coxinhas_ochefeachata2
Modo de Preparo:

Coloque a água, o leite, a manteiga e o sal em uma panela grande. Leve ao fogo até ferver. Assim que ferver adicione a farinha. Cozinhe em fogo médio, mexendo sempre até começar a desgrudar do fundo da panela. Desligue, coloque a massa em uma vasilha, cubra com filme plástico e deixe na geladeira por 1 hora.

Faça o recheio: Coloque o azeite numa panela e aqueça-o. Refogue a cebola e o alho até começarem a dourar levemente. Junte o frango desfiado e refogue. Junte a polpa de tomate, o catupiry e o leite. Cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem incorporados. Desligue e adicione a salsinha.
Abra um pequeno disco de massa na mão e coloque cerca de uma colher (chá) do recheio no centro da massa. Enrole formando uma bolinha. Enrole a bolinha na palma da mão até formar a pontinha da coxinha.

Em uma tigela misture bem o leite com o ovos. Coloque a farinha de rosca em outro recipiente. Passe as coxinhas na mistura de leite com ovos, retire o excesso e depois passe na farinha de rosca, empanando-as.

Aqueça o óleo em uma panela. É necessário ter óleo o suficiente para cobrir as coxinhas. Frite-as, poucas por vez.

Rendimento: aproximadamente 40 coxinhas pequenas.

coxinhas_ochefeachata

Que tal aproveitar o feriado pra experimentar?

Se inscreva no canal para assistir aos episódios em primeira mão e não se esqueça de marcar as fotos com a #ochefeachata se fizer alguma receita ;D

O post Como fazer coxinha de frango com catupiry – O Chef e a Chata apareceu primeiro em Chata de Galocha! | Lu Ferreira, e é de autoria de Lu Ferreira.

Your clothes should be as important as your skin

Amit Kalantri

B&M

style="margin:0 0 10px 0;display:block"> class="alignnone size-full wp-image-40999" src="http://www.leblogdebetty.com/images/2015/02/1941185_384476805055489_1174192735_n.jpg" alt="1941185_384476805055489_1174192735_n" />

Because I didn’t really know how and where to share this with you, but realized a quick note here on my blog would be the best way to announce that Mathieu and I are no longer together. /> I think it’s way more cool to tell this here rather than letting you discover it awkwardly over your Instagram feeds or any other social network. /> Nevertheless, we share a nice last project together, we are the editor in chief of the WAD magazine January issue. /> Thank you guys for all the love and support through our time together, I have appreciate it…

xxx

rel="nofollow" href="http://www.leblogdebetty.com/en/want/">B&M sur rel="nofollow" href="http://www.leblogdebetty.com/en/">Betty.

Classic Spaghetti and Meatballs

Classic Spaghetti and Meatballs

A lot of dishes evoke special memories and a plate of spaghetti and meatballs can transport me back to when I first met G. It was one of the first meals he made for me, celebrating our first Valentine's Day and even though we had just started dating, he definitely knew the way to my heart. He makes a variation of this version every year, adding some crushed red pepper and thyme. It's one of my favorite traditions that feels a bit Lady-and-the-Tramp-meets-old-school-date-night and one that I look forward to each year.

What to Wear on 6 Types of V-Day Dates


Since Valentine’s Day falls on a Saturday this year, there are plenty of options for ways to celebrate: a decadent brunch, a fancy dinner, a day at the museum—the list goes on. Accordingly, we’ve come up with six alluring outfit ideas for six different kinds of dates. And if you’re flying solo this year, not to worry—we’ve got the perfect girls’ night outfit for you, too.

Officine Generale Fall / Winter 2015

12515OGB7326Web12515OGB734512515OGB733812515OGB7334Web12515OGB735012515OGB7356

HOW TO WEAR A MIX OF PRINTS

AndyTorresWAndyTorresW6 AndyTorresW3 AndyTorresW4 AndyTorresW5 AndyTorresW2 AndyTorresW7I’M WEARING  >>  Top: MANGO  |  Shoes: Alexander Wang for H&M  |  Stripped dress: MANGO  |  Bag: MANGO

You won’t often find me mixing prints as bold as these, but while I was picking my look for the Mango show, I saw few more items I really wanted to have a go with. This skirt is NOT the one I wore for the show, the green on this one is brighter and it’s a lot shorter .

I think that mixing prints is quite a fun thing to do occasionally, though a bit challenging styling wise but it can turn out great if you get it right. The key is just to try, mix and match until you find something that catches your eye and go for it. At the end of the day, the only thing that matters is that you feel comfortable and awesome while you wear it ;)

9a209-andysignature

Would You Wear It? Overalls at the Office


Before you call me crazy, I'm completely aware overalls in the corporate world would trigger major stares. But the dress code in certain creative industries is more flexible, and, recently, I’ve found myself reaching for my favorite overalls at least once a week, effectively making them a staple of my work wardrobe. Although to me the black pair looks rather polished (similar to the ones pictured above), wearing them did get me thinking: Are overalls really office appropriate? So we want to know: Would YOU wear the tomboy staple to your 9-to-5 job? 

The Top Model of 2014 Might Really Surprise You


Models.com's annual list of the world's top models is typically a need-to-know roundup, determined by some of the industry's top experts. But this year, the site did things differently. They asked readers to submit their favorites in categories like Model of the Year, Breakout Star, and more. The results: very interesting.

11 Celebrities You'd NEVER Believe Went to Fashion Week


With New York Fashion Week in full swing, the city is overrun with some of the most fabulous people in the world: models, street style mavens, editors, and, yes, a whole slew of celebrities. While certain stars are front-row fixtures—Kim Kardashian, Olivia Palermo, Solange, and the like—throughout the years, there have been a number of surprising appearances made by some unlikely celebs. This is a story about those people.

Safety First: Our Favorite Fashion Babes in Helmets


Though experiencing crisp, cool air whip through your lucious locks while pedaling your bicycle or cruising around on a moped is heavenly, we must admit that securing a helmet is simply the more responsible route to take (pun intended). If the idea of wearing the clunky head-protector deters you from biking, we suggest you peruse today's slideshow for proof that you can be safe and stylish.

From Olivia Palermo to Gigi Hadid, The Top 3 Celeb Outfits to Copy Now


This week in celebrity fashion, it’s been all about black leather boots. Take a cue from new denim designer Candice Swanepoel and opt for a casual T-shirt and jeans, or stick with a polished ensemble courtesy of the lady who does it best, Olivia Palermo. Either way, these boot-inspired outfits are a must-try!

Victoria Beckham Takes Airport Dressing to a Whole New Level of Chic


On Victoria: 

Get Ready for NYFW With Marc Jacobs's Awesome Playlist


The latest season of New York Fashion Week is upon us! The presentations, shows, and events are underway in the Big Apple, and the seasonal buzz that always accompanies the occasion is in the air.

ICYMI: The 10 Most Breathtaking Gowns from Couture Week S/S 15


New York Fashion Week might be underway, but the real highlight of Fashion Month (at least according to some) has already come and gone: Couture Week. The world's most mind-boggling design work hit the runways of Paris in late January, and, unsurprisingly, more than a few breathtaking gowns glided down the catwalks.

5 Genius New Tools That Make Your Beauty Routine SO Much Easier


There are breakthrough beauty products, and there are breakthrough beauty products, as in forehead-slapping, why-didn’t-we-think-of-this-first, holy-s$&#, genius products. These brilliantly designed new gadgets fall into that latter category. Keep scrolling to discover the five most innovative new beauty products on the market.

Moschino inspired e mais achadinhos no inverno da C&A

cea-abre-inverno2015

Quem não ama um fast fashion, né? Sabemos que vocês sempre pedem mais dicas de compras acessíveis por aqui e por isso acompanhamos de perto os lançamentos das marcas – essa época particularmente é ótima para isso! Já rolou o preview da Renner em janeiro e agora foi a vez da C&A apresentar suas apostas para o inverno 2015.

Basicamente dá pra destacar que eles investiram pesaaado no jeans! Não só nos basiquetes, mas também em peças com uma pegada mais fashionista, resultado de uma parceria com a Vicunha, uma das maiores indústrias têxteis do mundo.

cea-jeans
*ainda não foram divulgados todos os preços!

As peças dessa “Denim Special Edition” na montagem acima são o shortinho e a camisa da direita. O destaque são as lavagens diferenciadas (inclusive com tratamento manual), o tecido com toque mais soft e detalhes premium em aviamentos e rebites. São 53 itens entre calças, camisas, coletes, saias e jaquetas e os preços no geral variam entre R$ 79 a R$ 149. Essa coleção especial chega a lojas selecionadas no dia 31 de março. A linha jeans mais básica, por sua vez, estará disponível na rede em 26 de março.

cea_maispecas
*ainda não foram divulgados todos os preços!

Outra parte do inverno da C&A aposta no ar mais urbano da vibe militar e t-shirts rocker ou engraçadinhas (“moreboys”), e também não faltam os florais e kimonos (versão mais invernal de lã e levinha com franjas). O vestidinho lá no alto tem também com estampa floral, e não dá pra ver bem na foto, mas o modelo conta com aqueles recortes na lateral da cintura, sabem? Bem um tipo de peça que antes a gente só via na Forevis e outras lojas gringas, como os casaquinhos boho também. Eles prometem ser a febre da vez nas lojas e looks por aqui, prepara! Essa parte da coleção começa a chegar às lojas no dia 02 de março; tops por R$ 29,90, bottom por R$ 59,90 e vestidos de R$ 69,90.

sapatos-cea

O slipper continua firme e forte como aposta da temporada, e a C&A apostou até nessa Birken de inverno, de couro, mais “arrumadinha”, digamos assim.

cea_laura-neiva

Lá no Instagram esse look da Laura Neiva (leia o papo com ela aqui) fez o maior sucesso! “Ao vivo” dá pra ver que o vestido tem uma modelagem ótima mesmo, e até causou surpresa quando ela contou que era mesmo da C&A! kkk Custa R$ 119 Vai esgotar em 3, 2, 1…

CEA-BARBIE-moschino-barbie-capsule-ss15-street-style-vita-su-marte-06

Pra finalizar, o inspired que não pode faltar! A C&A fechou mais uma parceria com a Mattel e traz uma mini coleção da Barbie em peças adultas. O destaque, claaaro, é o moletom à lá Moschino, pra fazer a diva do streetstyle! kkk Essa leva chega às lojas em 19 de março e os preços das peças (tem mais t-shirt e croppeds) variam de R$29,90 a R$49,90.

E é isso! Curtiram as novidades da C&A?

O post Moschino inspired e mais achadinhos no inverno da C&A apareceu primeiro em Garotas Estúpidas.

On the Street….Fashion in Detail, Milan

11915sneakerfurC0855web

TREND ALERT: ROUPAS COM CADARÇOS, CORSELETADAS, TRANÇADAS (CADARCET)

45

Lembram daquela época – uns 3 anos atrás – que as sandálias com cadarços/amarrações eram o grande hit da temporada? Pois bem, esse movimento saiu dos pés e foi pros looks. SÓ tenho visto nos editoriais da temporada roupas com essa pegada encadarçada, corseletada, também popularmente conhecida como cadarcet :]]]

Tudo (re)começou na temporada passada com 3 grandes marcas endossando o momento: Givenchy, Gucci e Dior.

CADARCO-5

No desfile de Givenchy, a ideia se fez presente numa pegada mais seca e sexy, formando um super decote amarrado. A inspiração da coleção tinha um quê de gipsy francês sofisticado e as amarrações entraram em diversos looks, sempre com essa ideia de corselet provocativo, mas sem aquela função de marcar o corpo tanto.

Já Gucci apostou fortemente no mood dos anos 70 (esse ano vai ser o ano dessa década :D) e no cadarço propriamente dito! Sejam vestidos de couro, algodão ou jeans, o shape era o mesmo e o cadarço (cadarcet!) foi o grande destaque.

Por fim, Dior apostou na versão com amarrações clássicas, mas criando uma vibe bem moderno ao look. Certamente é uma releitura ao estilo Dior de outrora, numa versão bem charmosa e inspiradora.

image

Agora das passarelas, pros editoriais! Miranda Kerr de Givenchy na Bazaar desse mês. O look é sexy, um quê de dominatriz e o destaque é total no: cadarcet. Eu quero!

CADARCO-1

Agora se vocês acham que essa é só uma trend pontual, acima tem mais imagens de editoriais só dessa temporada e todos mostram a ideia da amarração em diversas formas e looks que vão do sexy ao casual, passando por muito fashionismo envolvido.

É um simples detalhe de moda, mas se vemos muito por aí, é bom ficar com o radar ligado e observar como uma pequena tendência vem pra nossa vida real (e eu tô falando com você, Zarinha!).

Vocês já tinham reparado na ideia e já viram por aí à venda?!

 

The post TREND ALERT: ROUPAS COM CADARÇOS, CORSELETADAS, TRANÇADAS (CADARCET) appeared first on Fashionismo.

Os Óculos Certo Para Cada Tipo de Rosto

Já perdi a conta de quantas vezes recebi emails pedindo ajuda para saber o tipo certo de óculos conforme o formato do rosto mas confesso que me sinto insegura para falar disso. Aprendi a trocentos anos atrás mas nunca dei a devida importância para essa questão… Eu não ligo muito para isso, sei que meu […]

The post Os Óculos Certo Para Cada Tipo de Rosto appeared first on Futilish.com.

Sobre Carnaval e (claro!) Chay Suede: papo com Laura Neiva

Laura-Neiva-baile-da-vogue
Laura Neiva no Baile da Vogue

Aproveitamos um encontro com Laura Neiva nesta quarta-feira em um evento da C&A em São Paulo (mais sobre a coleção nova e o look lindo da atriz no post a seguir) para pegar umas diquinhas sobre aquilo que a gente só pensa no momento – Carnaval! kkk – e, claro, falar de Chay Suede!

Laura é super fã da folia, tanto pra curtir em camarote quanto em bloco de rua (mais assim até, ela confessa), mas este ano, depois do Baile da Vogue (foto acima), pretende ficar mais tranquilinha. “Vou ficar em São Paulo, quietinha, dentro de casa, talvez vá pra um bloquinho ou outro, mas eu tô cheia de cachorro em casa, vou é fazer um bloquinho de cachorro, é isso!”, brincou.

Uma das garotas com estilo mais cool do pedaço (vale lembrar que até a Chanel reconhece isso e a tem como uma de suas fidèles!), Laura deu a dica pra quem vai pular Carnaval: “Isso fui vendo com o tempo… É legal você ir com uma roupa que possa ficar com ela até a noite, porque não rola uma parada em casa, então tem que ser algo muito confortável, que aguente friozinho, calor, chuva… Shortinho e tênis não tem erro!”, recomenda.

Essa dupla, aliás, mais muita água, boné e protetor solar, ela contou que foi a salvação para o MELHOR Carnaval da vida dela, que ela curtiu com as amigas no Rio em 2011. “Fomos para o sambódromo, mas a parte mais legal foi na rua, nos blocos. Não consigo nem dizer o nome de um porque fomos em todos, todos os dias! Estava com quatro amigas de SP, que tinham amigos no Rio, que apresentaram outros… Foi muito divertido!”, lembra.

Ok, agora assunto Carnaval em dia… Como vai o namoro com Chay Suede hein? “Tá ótimo!”, disse abrindo um sorriso. Essa semana, inclusive, os dois postaram no Instagram um clique super hot, deixando as fãs  do Comendador Jr. enlouqueciiiidas! Mas Laurão leva de boas as reações acaloradas. “Acho que elas são muito criativas, gosto delas”, disse.

laura-neiva-chay-suede

 E aí, curtem esse casal #Laurede (ou #Chayura kkk)? E compartilhem aqui diquinhas de Carnaval também!

O post Sobre Carnaval e (claro!) Chay Suede: papo com Laura Neiva apareceu primeiro em Garotas Estúpidas.

9 Nighttime Habits That Are Ruining Your Skin


Whether your nightly routine consists of a spinning class followed by a long, hot shower, binge-watching The Fall while eating last weekend’s leftovers, or carrying out an intricate 10-step skincare system à la our counterparts in Korea, we have some unpleasant news: Even if your p.m. rituals are on the healthier side, there are still a few surprising habits that could be wreaking havoc on your most precious asset—your skin. Never ones to be the bearers of bad news without offering a solution, we now present to you these very nine skin-ruining habits, along with how to solve them. You’re welcome!

Keep flipping for nine habits that are ruining your skin while you sleep.

FRAME Denim Is Officially Winning at the 70s Trend


Walking into the FRAME Denim Fall '15 presentation earlier this morning was like taking a trip back in time. Suddenly it was the 70s, or at least a modern take on the sartorial highlights of the era. Think Ali MacGraw, or Jane Fonda in Klute. Psychedelia was thankfully kept out of the picture, making room instead for sharp flared blue jeans, chocolate brown culottes cinched with a wide belt and a mustard suede trench to make Annie Hall weep. Those colors are perfectly in tune with the autumn season, topped off nicely by a creamy maroon top and a closet's worth of navy. Of course, it was the denim we came for, and with the perfect flares and just-slouchy-enough boyfriends on offer, we're calling FRAME the one-stop-shop for denim this fall.

Talk About a Reunion: Taylor Swift and Kanye West Working Together


How far we've come since 2009: Kanye West and Taylor Swift are going into the studio together. [Racked]

Stop Everything: The Spice Girls Just Released Four New Songs


We're willing to bet a large sum of money that you didn't wake up today and think to yourself, "Gee, I bet the Spice Girls are up to something today." And if you did, you might want to buy a lottery ticket statbecause you just successfully told the future. 

A cara da praticidade (só que dourada)

Tem dias que a gente só quer uma roupa pra resolver a vida. Ontem, tinha tanta coisa pra fazer antes da viagem carnavalesca que eu só queria uma calça soltinha e confortável e uma camisa branca. Simples assim. Praticamente o uniforme da praticidade. E foi exatamente assim que eu saí de casa.

Achou que ia ver um look sem graça? hihihi

No último post, a gente falou sobre roupas que iluminam. Bem, nada como uma calça dourada pra iluminar o dia. O legal é que o shape dela é absolutamente o que falei lá em cima: folgadinho, confortável e leve pra não dar calor.

Essa calça eu acho mesmo uma mão na roda. Além do shape ser mega gostoso de usar, o fato dela ser dourada dá essa liberdade de usar de dia com uma peça mais clarinha (como a de hoje) e usar à noite com uma peça mais extravagante em eventos mais chiques.

A camisa é social, mas daquelas bem trabalhadas na elegância, com gola durinha, com cara de engomadinha. Mas leve, confortável e coringa do mesmo jeito.

O tipo de look pra provar que não precisa abrir mão de conforto pra ter elegância em qualquer ocasião.

Pra finalizar, usei a mesma carteira do post anterior. Como o look todo era chapado, achei que valia tacar umas listras aí no meio pra animar. Contrastou que foi uma beleza!

Créditos:

Calça: Stella Mccartney para C&A
Camisa: Turquesa
Sapatos: Eva vs Maria

On the Street….Place des Vosges, Paris

12115bikegirl4284web

Princesas Disney como modelos da Victoria’s Secret

As minhas ilustrações favoritas da Disney sempre tem mistura com moda! Já mostrei algumas vezes os trabalhos do Hayden Williams, um artista especializado nesse estilo de desenho de moda incrível. Descobri agora outro talento pra ficar de olho: Guillermo Meraz, um mexicano que é designer, ilustrador e professor. Ele é fã de Disney e já criou algumas séries de ilustrações da marca! A minha favorita são as princesas Disney como modelos da Victoria’s Secret!

Todas ficaram bem luxuosas, com lingeries que remetem às roupas originais, mas com muito mais glamour! Acho tudo incrível, não só as roupas lindas, mas as poses criativas, cada detalhe, as jóias diferentes e os cabelos de divas! Cade as ideias virando realidade num Victoria’s Secret Fashion Show inspirado no mundo Disney?

disney-ilustracoes-victoriassecret-elsa



Continue lendo no JUSTLIA.com.br…

Links I Love

Links I Love

This week: the prettiest scones, an easy looped ponytail, DIY rock mineral cookies, the confidence game, how to fight with your spouse, and more.

You'll Never Believe How Zara Got Its Name


If you take a peek around the Who What Wear office, chances are you’ll spot at least a few editors wearing something from Zara. We’re big fans of the giant retailer, which is why we were delighted to unearth a 2012 New York Times article about how the brand got its name. Gather 'round, fast-fashion fans, and settle in for a quaint story: In 1975, the brand’s founder, Amancio Ortega Gaona, opened a small store selling his housecoats and robes in northwestern Spain. Ortega called the store Zorba, after the film Zorba the Greek. If things had gone as planned, you would now likely be familiar with a brand called Zorba, but, alas, a fly appeared in the ointment! Apparently Zorba the Greek was quite the popular film, as two blocks away there was a bar with the same name. The owner of the bar came over to Ortega’s clothes shop, and declared that it would be too confusing to have two Zorbas in the same town. Unfortunately, Ortega had already made the molds for the letters in the sign, so what did the resourceful future billionaire do? He simply rearranged them to see what other names he could find. As you can likely guess, he came up with Zara, and the rest is sartorial history!

We're Hiring: Assistant to Co-Founder & Executive Director of Strategy


Clique Media is seeking a full-time Assistant to Co-Founder, Hillary Kerr, and Executive Director of Strategy, Alex Taylor. The ideal candidate must be extremely efficient, a self-starter willing to wear many hats—from assisting with editorial and social media projects, to research, to personal tasks. This person must have a strong passion for and deep understanding of the fashion industry. He/she should be an administrative pro with excellent communication skills (phone and written), and be able to quickly figure things out on his or her own. This is an entry-level position with tremendous room for growth across many departments.

Cara Delevingne Interviewed Kim Kardashian: The Strange Results


The Kim Kardashian-covered issue of Love magazine, which seems like it's been talked about literally forever, is officially out. Unsurprisingly, Kardashian poses nude multiple times, weaering nothing but Prada shoes, bags, and sunglasses. A bit more unexpected: Her bizarre interview with Cara Delevingne, which appears alongside the images.

On the Street….Rue Vieille du Temple, Paris

12515Duo6B7669Web

From Kate to Cara, 10 Vintage Runway Photos You Have to See


With fashion month kicking off tomorrow, we thought we’d go retro for a minute and reminisce. We dug real deep to find some of the first photos of the industry’s top models strutting down the runway. And, well, if one thing’s clear—these women have certainly earned their title as runway icons.

How to Pull Off Sheer Like Solange (A Master at Her Craft)


Oh Solange, goddess of all things sartorial. One of our favorite style stars attended the Veuve-Clicquot Carnaval in Miami this week, and for the warm-weather affair, she appropriately swathed herself in a gorgeous strapless sheer dress, sandals, and beach-ready makeup and hair.

Want to Be a Fashion Blogger? Rumi Neely Has the BEST Advice


If you're looking for tips on how to make it as a fashion blogger, there's no better resource than successful bloggers themselves. Rumi Neely of Fashion Toast definitely falls under that category. She started her blog way back in 2008 with jaw-dropping photography and totally distinct style choices that immediately caught the eye of the larger fashion world. It paid offshe launched a full-fledged career out of it and the site now receives over 5.5 million hits per month, according to analytics by Cision. But what really makes her stand out from the crowd is the "Ask Rumi" section on her site, where longtime fans can pick her brain about everything from her plant-based diet to her thoughts on the latest designer items. We recently stumbled upon this gem and knew we had to share it with you:

Under $100: Stop Looking For the Perfect T-Shirt


Frame Denim Le Boyfriend Striped Linen T-Shirt ($90)

Make para o carnaval

Meninas,

É Carnaval!!! Hora de deixar a criatividade falar mais alto, mas sem errar no make up, ok? Tudo pode, porém sem exageros, mesmo sendo tempo de festa.

A minha dica principal é não pecar no excesso de cores quando for maquiar os olhos. As fantasias e, até mesmo, as camisetas dos bloquinhos de rua são muito coloridas e tem brilhos. Ou seja, elas, por si só, já se destacam bastante. Por isso, a aposta deve ser em um único tom de cor para os olhos, assim eles chamarão a atenção, mas não deixarão o look pesado. Vale investir no azul escuro, no laranja e no verde.

Para quem quiser um toque a mais, pode colocar alguns strass em volta do olho, mas desde que não tenha adereços na cabeça! Isso também vale para as sombras brilhantes.

Nos lábios, não podem faltar as cores vivas e fortes, né? Ainda mais porque são super tendência dessa estação. O pink, o laranja e o vermelho continuam em alta. O importante é não exagerar no pó bronzeador quando for usar esses batons, porque acaba ficando too much.

A novidade fica por conta da purpurina nos lábios… Mas é para aplicar só um pouquinho!

Lembrando que o menos é mais sempre! Inclusive no Carnaval!

Vejam algumas inspirações:

3

2
1
4
5
6
7

 

Aproveitem!!

Beijos e até a próxima!

Rosman

O post Make para o carnaval apareceu primeiro em Lala Rudge e Maria Rudge.

Como usar: Chunky shoes

Chunky, em português, significa “robusto”. Então, os tais chunky shoes se referem aqueles sapatos pesados visualmente, com plataforma e saltos grossos. E, como já falamos aqui, esse tipo de calçado vem com força na próxima estação – e podem ter, ou não, a sola tratorada.

como-usar-chunky-shoes-001

Aqui no Brasil, nós costumamos curtir os sapatos delicados, mais femininos… Mas há bastante tempo em outros países as moças desfilam com calçados pesadíssimos. E, segundo a última Couromoda (uma das feiras de calçado mais importantes do Brasil), algumas marcas brasileiras vão investir nesse tipo de peça.

Os chunky shoes podem vir em diferentes estilos de calçados, desde botas até sandálias com tiras. O legal de pensar na hora de compor o look, é proporção – se o sapato é robusto, opte por peças de roupa mais leves e ajustadas. Então, talvez seja melhor deixar as oversized para outra ocasião. Eles se mesclam à tendência dos anos 1990 que está cada vez mais popular, incluindo itens como jardineiras, jaquetas, shorts e calcas – jeans, é claro. Os kimonos também são boas peças complementares, que puxam um pouco para o clima boho.

Onde comprar: enquanto vamos esperando as coleções de inverno chegar, vale a pena namorar as peças disponíveis na loja online ASOS.

1. Chunky shoes com macaquinho

 



Continue lendo no JUSTLIA.com.br…

rowdy

Leather Jacket: Acne (in black). Faux Fur: Stylenanda (also love these faux fur options). Denim: Current/Elliott. Shoes: CH Carolina Herrera (similar). Lips: Stila ‘Beso’. Sunglasses: Karen Walker ‘Super Duper’. Bag: Chanel via BellaBag. Top: Ann Taylor (old, similar). 

The Sexiest Runway Shows of All Time

2915haiderWeb

Haider Ackermann really highlighted in this collection both a hard edge and a fluidity, a soft sexiness that you don’t usually see from that type of design. He also did an incredible job of highlighting different erogenous zones—back, leg, hip bone, side cleavage—that make this collection a great example of a kind of ‘thinking woman’s sexiness.’

 

Click here to read the full article on Style.com