The Broke Girl’s Guide To Looking Younger


Fact: money can’t buy happiness. Younger-looking skin, on the other hand? Why yes, yes it can indeed buy that. But that doesn’t mean those of us who can’t afford a monthly trip to the derm have to resign ourselves to a life of wrinkles and sun spots. No, we’re throwing our fists in the air and taking a Marxist approach to skincare—everyone deserves young, bright, beautiful skin, no matter the funds in your bank account (or lack thereof).

16 White Pieces You Can Wear All Year ‘Round

Wearing white is the easiest way to look clean, refreshed, and to stand out. The problem is, sometimes white pieces can feel a bit seasonal—either too summery, too wintery, or something in-between. Today were bringing you 16 perfect white pieces that will look great all year long.

The One Dress Every Woman Should Own, According To Karl Lagerfeld

We’ve all been there, standing in front of our closet trying to figure out what to wear to an event, dinner party, date, or basically anywhere the attire is even a smidge unclear. Well, lucky for you, Chanel’s mastermind, Karl Lagerfeld, has a solution. His answer? A little black dress. We couldn’t agree more—the timeless frock will always be an appropriate option. So ladies, when in doubt, reach for your LBD—it will never let you down. 

9 Ways to Introduce Color Into a Neutral Space

Decorating with neutral colors is safe, timeless, and chic. But sometimes you may want to add just a little something to your mainly white, beige, and gray space. Scared of going too bold? Don’t be! Below we’ve listed nine ways to add color to your space, from simply adding in a plant — for the total scaredy cats — to creating a balance with multiple saturated hues.

EN ROUTE

AndyTorresOperaParis8 AndyTorresOperaParis5AndyTorresOperaParis3 AndyTorresOperaParis9 AndyTorresOperaParis2 AndyTorresOperaParis AndyTorresOperaParis4 AndyTorresOperaParis6 AndyTorresOperaParis10I’M WEARING  >>  Shorts & Shirt: & Other stories  |  Vest: Malene Birger  |  Shoes: Rolando Santana  |  Bag: Proenza Schouler  |  Sunglasses: Celine  |  Ring: Tom Wood  |  Shark Tooth Earring: Fashionology.nl

HAPPINESS!!!, I am flying to Mexico today, today! YES!!! I am so freaking happy about this. I haven’t touched Mexican land for over half a year and I miss it so much!…I am attending the opening of Yamamay’s new store in Mexico City tomorrow and I get to meet some of my Mexican readers which makes me so incredibly happy. Follow my journey on instagram!

andy signature

Photos by Richard Nicholls

Evolução da Espécie: Leighton Meester

Se tem um post que curto fazer – e dá um certo trabalhinho hihi – é o EDE! Adoro ver o que as celebridades usaram décadas atrás, é divertido e bizarro, mas mostra não só que a moda é mutcho loca, mas que também nosso estilo evolui e se lapida.
Daí pensando na próxima vítima, uma muito importante e que estava faltando: Leighton Meester. A atriz meio que desabrochou fashionisticamente a olhos vistos e, aos trancos and barrancos, modelou seu estilo para um clássico, fora do óbvio e muito elegante, ok não sei, Leighton tem um estilo indefinido, mas sempre surpreendente, olha sua transformação:

evolucao-da-especie-moda-leighton-meester

Leighton Meester com 17 anos lá em 2003, como não amar o penteado toin-oin-oin? E o look, como uma garota qualquer de sua idade jeans+blusinha no red carpet e algumas escolhas um tanto esquisitas de sapato. Os cabelos? Quanta mudança, apesar de ser loira natural, nos acostumamos a vê-la castanha e acho que existem tons e tons, e o da década passada não estava dos melhores.

Depois da transição pra looks românticos e mal ajambrados em 2006, um ano que mudou sua vida: 2007 e a entrada em Gossip Girl! O vestido verde foi da primeira festa da firma e uma gracinha na medida, com isso foram altos e baixos e looks medianos na época do lançamento do seriado.

Agora foi em 2008 que ela deve ter contratado seu 1o stylist e com isso looks mais ousados e grifados, seja longo ou bandage, Leighton amadureceu e floresceu com seu  jeito lolita enigmática. Já 2009 foi o ano da afirmação, no AUGE de Gossip Girl, MUITAS presenças e presentes, esse look preto é seeeexy e um dos meus favoritos, sério, ela usou como ninguém, amo!

Depois veio esse listrado p&b gracinha toda vida e vencedor do nosso primeiro look do ano com louvor. Já em 2010 Leighton mostrou seu lado mais ousado, vestiu marcas menos óbvias e algumas vezes usou maquiagens bizarras. Os dois looks desse ano são Versace, enquanto um foi no limite do fashionismo, o 2o foi um charme total e que encantou vocês que eu lembro bem

Já em 2011 Leighton sofisticou, parece que amadureceu e o seriado já não era o foco principal (uen uen), foi aquela época onde os atores apareciam por outras razões e Leighton foi implácavel com longos lindíssimos, mas o curtinho prata foi arrebatador e, mais uma vez, vencedor de um LDA!

Já em 2012, último ano de Gossip Girl, Leigh parecia cada vez mais reclusa, focada na música e em se redescobrir. 2013? Pouquíssimo se viu, também pudera, namorar Adam Brody requer uma atenção particular. Mas graças a Deus em 2014 ela voltou com tudo, com peça na Broadway, um visual um pouco diferente (que analisamos aqui) e o look Pucci no MET perfeito!

Leighton cuida da sua imagem, não se mostra refém da mídia e aparece quando tem que aparecer, ainda bem, que apareça muito!

Peek into Tory Burch’s Fabulous New York Office

Tory Burch welcomes Architectural Diest into her Daniel Romualdez-designed New York offices for a tour of the impeccable space and insight into its décor. Romualdez and Burch have been frequent collaborators both on the designer's own homes and her brand's 120-plus boutiques. "Tory is a dream," Romualdez tells the magazine. "She knows exactly what she wants, but she also lets you run with an idea." 

7 coisas que faço quando vou pra Nova York

Mês passado contei pra vocês de um projeto bem bacana que o F*Hits criou com a OT Tours e o Fashionismo. O Fashion Experience uniu turismo com moda e no mês de setembro estará nas principais cidades na temporada das Fashion Weeks. Com isso desenvolvemos um roteiro  e programação intensa que reúne tudo que mais amamos!

d0f00d2cf29cbe4d6410b1af3c372f65

Já contei que é uma ótima experiência pra quem gosta de mesclar moda, turismo, compras e fashionismo, é claro! Aqui no site da OT tem todos os detalhes dos pacotes pra NY e outras cidades. Não vejo a hora de voltar pra essa cidade que tanto amo e acompanhada de leitoras será mais legal ainda!

Daí como semana passada completou 5 anos daquela minha viagem pra NY e até hoje recebo pedidos de dicas, roteiros e etc (infelizmente só não rola mais o email da corretora, pois ela faleceu :((), resolvi fazer um TOP7 de coisas imprescindíveis que faço na cidade, seja na primeira ou milésima visita!

TIMES-SQUARE-NY-CENTRAL-PARK

1: Times Square! Eu AMO esse lugar! Adoro a energia, luzes, brilho e turistada. Sério, sei que tem gente que torce o nariz, mas eu acho um charme e pra mim não tem lugar mais tradicional que esse. Vale sentar nos banquinhos na rua, comer um hot dog ou fazer umas comprinhas na Forévis, acho que não teve uma vez que  fui pra NY e não fui pra lá.

2: Piquenique no Central Park: É o máximo! Fazer uma farofinha delícia é fundamental e, apesar da fama, poucos brasileiros fazem. Eu sempre faço assim, vou ao Whole Foods da Columbus Circle, compro mutchas coisinhas gostosas (de frutinhas a japonês) depois vou subindo pelo West Side até aproximadamente a 66th. Logo ali tem o Sheep Meadow que é uma área bem aberta e que aos finais de semana (de calor, é claro) fica REPLETA de locais comendo, bebend0 (não pode alcóol, mas tem gente que dá seu jeito rs) e jogando. É dos passeios mais legais pra se sentir como uma new yorker.

ROOFTOP-NY-DICA-230-FIFITH

3: Um oi no Rooftop: Essa é clássica, se o tempo tá bom eu vou ao 230 fifith, meu rooftop favorito na cidade. Pra mim é a melhor vista do Empire State, ele fica tipo gritando na sua cara e você ainda pode admirar a cidade e tomar belíssimos drinks. Sempre dou essa dica a amigos e leitores e ela é certeira pra se sentir como uma local.

FRIENDS-PREDIO

4: Friends: Sempre que vou à cidade, faço questão de visitar meus amigos Ross, Rachel, Chandler, Monica, Phoebe e Joey! Eu não resisto e sempre passo  na esquina do prédio (fachada) onde foi gravada a série e é prazer indescritível! Ele fica na Grove com a Bedford, no coração do West Village e depois dali é só se perder pelas ruas mais charmosas de NY.

PASTIS-NY-DRYBAR

5: Restaurantes queridinhos! Eu tenho uma certa mania de focar nos restaurantes de sempre e com isso esqueço de conhecer novidades. Entre meus favoritos: Pastis! É overrated eu sei, mas eu amo, adoro a comida, os new yorkers blasés (os turistas mais ainda) e sentar naquela varandinha onde vemos e somos vistos. Infelizmente ele está fechado pra reforma e só reabre ano que vem (uma outra corrente diz que fechou de vez). Além dele, os que sempre vou: EatalyPommes Frittes, Burger Joint, Serafina, Max Brenner (chocolate lover!) e Novecento (meu favorito no SoHo).

6: Escovinha básica: Sim, eu sou viciada em fazer escova em viagem, mas pra mim não é perda de tempo, é amor. O Drybar virou meu queridinho nos EUA e já fui no de NY e LA. Já fiz post falando que é um salão onde só tem escova, nada mais que a pura e bela escova. Você agenda pela internet, chega, toma um drink e escolhe o tipo de escova, é tudo muito rápido e bem feito. Sempre vou no que tem no Hotel Meridien, porque logo ao lado tem o Burger Joint hehe!

HENRI-BENDEL-LOJA-NY

7: Loja favorita: Se eu tivesse que escolher uma loja pra ser minha em NY acho que seria a Henri Bendel. Sempre que vou lá saio com a sacola cheia e compro desde maquiagem, velas e até bandejas (já trouxe uma trambolha, mas bem linda). A loja é perfeita pra acessórios e tem as coisas mais lindas de todas, amo! Além dela – e fugindo do tema moda – sempre vou na Sabon (teve post aqui) e Sur la Table (momento decorismo), ambas no SoHo.

Esse foi meu TOP7 dos meus hotspots favoritos na cidade. Você tem algum? Compartilha aí que ele pode virar o meu :)

 

Na Prática – Vestido e tênis!

O “Look do dia” aqui no blog se chama “Na Prática” porque quando comecei a postar looks isso ainda não era moda, sabe? hahahaha #idosa E acontece que era um jeito de mostrar “Na Prática” as tendências e dicas que eu falava aqui no blog! E pra manter o costume, look que usei hoje pra resolver coisinhas bestas na rua… Bem confortável e bom pro friozinho que está aqui em BH.

Esse colete de moletom é um xodó! De frente ele é compridão e parece um moletom qualquer mas as costas tem um recorte super legal! Fico só esperando o frio chegar pra usar… hehehe É de um inverno remoto da Osklen.

O vestido é justíssimo e curtíssimo! Durante o dia só uso com tênis ou bota baixinha e de preferência com um colete. Acabo usando muito mais do que se guardasse só pra usar a noite, né?
blog_anapaulapedras_na_pratica_colete_osklen_3 blog_anapaulapedras_na_pratica_colete_osklen_3 blog_anapaulapedras_na_pratica_colete_osklen_32

Óculos: Forever 21 / Moletom: Osklen / Vestido: não sei, minha mãe me deu / Bolsa: Mercado / Tênis: Forever 21

“Black & White” mode

Lately I feel like I’m in a “black & white” mode…everything I want to wear/get are neutrals…am I the only one going through this phase? This time I’m wearing a black top from A’GACI  with a net detail around the neck; I also really like how the model is wearing it on the site…it also looks great with boyfriend jeans. This time I paired it with a texture trumpet white skirt for a special night out. This skirt silhouette is a great alternative to the classic pencil skirt…it looks modern and it’s way more comfortable.  **Btw I just checked and the skirt is on sale for $8!!** I think my favorite item from this look is the phone case; it has the shape of a retro perfume bottle and it comes with a chain so you can wear it on your shoulder (this is especially great if you always loose your phone inside your big bag). I hope you are having a great day! XOXO
___________
Ultimamente no se que me pasa, lo único que quiero utilizar son colores neutrales…¿les ha pasado lo mismo últimamente o soy la única?  En esta ocasión estoy utilizando una camisa negra con un detalle de malla; que puede combinarse con jeans para un día casual o con una falda para una cita o cena especial. Combiné la camisa con una falda estilo trompeta blanca; esta silueta me encanta, es como la versión juvenil (y más cómoda) de las faldas rectas. **acabo de revisar la página de A’GACI, y la falda está en rebajas por solo $8!!** Mi pieza favorita de este look es el “forrito” del celular, es como si fuese una botella de perfume y viene con una cadenita…de manera que puedes llevarlo al hombro (especialmente si eres de esas que pierde el celular adentro de la cartera a cada rato). ¡Les mando un abrazo grandísimo!!
WHAT I’M WEARING/ ESTOY USANDO:

Novidade Online!

Uma novidade em loja online sempre me faz perder hoooooras fuçando o site. Gosto de olhar cada categoria, cada aba, cada “departamento”. Sinto como se realmente estivesse na loja olhando prateleira por prateleira, só para ter a certeza de não deixar passar nada e quem sabe, fazer AQUELE achado. Quando soube do Walmart.com foi assim. […]

Why Star Wars Will Probably Change How You Dress This Fall

Film’s indisputable influence on fashion trends is one of the most exciting parts of researching trends here at Who What Wear. From Grey Gardens to Belle de Jour to Clueless—iconic movies (and their equally iconic characters) always seem to find their place in fashion, which brings us to the subject of today’s story: Star Wars! Thanks to Preen and Rodarte’s F/W 14 runways, which both showed prints of Star Wars characters, we feel fully justified to indulge our inner space nerds.

​See how our favorite celebs, runways, and style-setters are sporting the futuristic look (and how you can too)!

6 Surprising Questions With Our Favorite Plus-Size Bloggers

If there’s one singular segment of the blogging community that is most frequently (and unfortunately) overlooked, it’s the plus-size bloggers.  While we at Who What Wear continue to make efforts to include them in our coverage of the best blogger looks to date, you’d be strapped to find significant mainstream coverage of ladies like Gabi Fresh, Nicolette Mason, and Tanesha Awasthia (of Girl With Curves) that doesn’t exclusively call them out as plus-size. But all that’s changing.

9 Essentials To Pack For A Dreamy Beach Getaway


If an out-of-the-blue urge to book a balmy escape along the Amalfi coast or a jaunt to Capri takes you over – do not resist. It’s the start of August, and true to tradition, the denizens of Europe are already en route to said chic destinations for a month-long holiday to the tune of perfectly tousled beach tresses, nutty tans, and Sgroppinos. So we thought, why not bookend the summer with a glamorous getaway of your own? To get you in top form before you jet, we’ve culled 9 classic beach essentials to take with you. Ciao!

How To Keep Your Hair Color From Fading: A Complete Guide


You’ve just dropped a penny pretty at the salon, but emerged with a vibrant, glossy new color (yay!). The last thing you want to do is cause it fade prematurely—unfortunately, you could be unknowingly doing just that (boo!). Luckily, we got the scoop from celebrity colorist, Sharon Dorram, and asked her about the rules of taking care of color-treated hair.

It’s National Underwear Day! The 12 Best Lingerie Photos Of All Time

We’re firm believers in investing in lingerie you love (proof here, here, and here), which is why we were beyond thrilled when we learned today is National Underwear Day (yes, this holiday was created by a man). To celebrate, we rounded up the most iconic photos of ladies in fancy underpinnings, and included some our favorites for you to shop.

Olivia Wilde Breastfeeds In Glamour Magazine: See The Photo


You may have heard the buzz going 'round the Internet about a little spread Glamour magazine did featuring bombshell actress Olivia Wilde, who covers their September issue. The 30-year-old new mother sat down to chat with the magazine about her life as a new mom to son Otis—and she also posed for a photo that's stirring up quite the controversy.

Decoração: Mapas

Quem ama viajar e coleciona mapas das cidades que visita, vai adorar esse post de hoje. Estima-se que o surgimento do mapa múndi tenha acontecido lá pelo século VI a.C., na Mesopotâmia. Na antiguidade, eles organizavam o entendimento dos territórios e auxiliavam expedições e navegações.

decor-mapas-004

Hoje, o Google Maps pode nos ajudar muito bem a encontrar o caminho, mas os mapas físicos não deixaram de ter seu charme – ainda mais quando falamos de decoração. Se você guardou os mapas das cidades pelas quais já viajou, pode ficar atenta às inspirações desse post. Senão, continua com a gente da mesma forma, já que é muito fácil achar vários mapas para comprar na internet, se você ainda não tem um. ;)

Um dos jeitos mais legais de usar os mapas na decoração é usando um papel de parede adesivo. Ele cobre uma boa parte da parede e é ótimo para dar mais personalidade a qualquer espaço. Ele talvez não seja a melhor ideia para ambientes muito cheios de móveis e detalhes de decoração, já que pode poluir um pouco a paisagem. Por isso, prefira usá-lo em locais com menos informação, para que o mapa chame a atenção toda para si.



Continue lendo no JUSTLIA.com.br…

Top dicas de make para pele negra

abre2MACWorkshop_BelezaNegra_porHickDuarte-107

Mesmo em um país cheio de diversidade como o Brasil, à vezes é bem difícil achar boas dicas (e produtos) de make voltados à pele negra! Pensando nisso, a M.A.C. deu uma aula de maquiagem com cobertura exclusiva do GE para tirar algumas das maiores dúvidas no assunto. Confira um top 5 dicas para não errar:

1. Como encontrar a base ideal para a pele negra

base-MACWorkshop_BelezaNegra_porHickDuarte-44

“Ao contrário do que muita gente pensa, pele negra também precisa de base sim. E aí a dificuldade é achar um tom que não fique acinzentado ou alaranjado demais na pele, comenta o maquiador Robson Oliveira.

Fique de olho: se sua pele tem fundo frio (nuances prateados ou esverdeados), procure por uma base de subtom oliva; se for quente (com fundo avermelhado ou dourado), busque pelo produto com base mais alaranjada.

Na hora da compra, a maquiadora Kátia Oliveira conta que gosta de testar na testa, colo e às vezes até coloca um pouquinho no ombro, “para que todos esses pontos ‘se conversem’”. Robson ressalta que é comum que negras tenham a testa mais escura. A solução? Se não quiser usar dois tons de base, pode utilizar um produto como o CC Powder Colour Correct de cor alaranjada ou o Prep+Prime Highlighter após aplicar a base na região mais escura para neutralizar o tom.

ccMACWorkshop_BelezaNegra_porHickDuarte-92

A textura (líquida, pó, matte, acetinada) da base depende do tipo de pele de cada uma, mas o importante é sempre preparar a pele antes com o hidratante e primer; isso evita o aspecto acinzentado e acúmulo de produto em linhas finas.

2. Qual é o corretivo mais indicado?

“É bom sempre buscar paletas com mais de um tom. O laranja é o salvador da pele negra! Deve ser sempre aplicado pontualmente (com os dedos ou pincel) para equalizar o tom da pele ou até iluminar regiões mais escuras”, indica Robson. Já esse tom bege de fundo oliva é ótimo para disfarçar pontos esbranquiçados que algumas peles negras apresentam.

corretivo

Para preparar os lábios para aquele batonzão, é legal também neutralizar o contorno mais escuro dos lábios esfumando o corretivo na região. Se quiser diminuir os lábios, após o corretivo faça o contorno dos lábios com lápis ou pincel por dentro.

3. Melhores cores de sombra, batom e blush para apostar

cores-MACWorkshop_BelezaNegra_porHickDuarte-253

Atenção: não é regra a ser seguida obrigatoriamente! Afinal, como a pele negra também tem muitas variações de tons, diferentes cores caem bem para cada pessoa. Aqui são apenas indicações do que costuma funcionar nesse tipo de pele; sempre vale a experimentação em casa para achar o seu ideal!

“De modo geral, evite cores com muita presença de branco, fica esquisito, acinzentado. Opte sempre pelos tons mais saturados e bem pigmentados”, ensina Kátia, que indica o laranja e dourado como clássicos que sempre caem bem e o verde, azul royal e roxo para quem quiser ousar. Aqui, o lápis branco é indicado como “base”: “use embaixo da sombra para deixar o colorido mais intenso”, dá a dica.

Fuja das cores candy e também dos cinzas nos olhos, pois eles não valorizam o tom de pele, mas, ao contrário do que muita gente pensa, os bons e velhos esfumados marrom e preto estão liberados! “São o básico do make também para pele negra. No caso do marrom, é só buscar tons acima da sua pele para aparecer mais, e um que seja de fundo mais quente”, diz.

cores-MACWorkshop_BelezaNegra_porHickDuarte-196

Nos lábios, vale a mesma regra: evite cores como o Snob, que tem bastante branco na composição, e vá pelos pigmentados como Ruby Woo, Diva, Up the Amp ou Pink Noveau. Já no blush, procure por tons queimados de coral e rosa para dar aquele “ar de saúde”. E o bom e velho vinho continua valendo!

4. Jogo de luz e contorno, como fazer?

“Para começar, o maior equívoco é pensar no iluminador como algo branco. Na pele negra ele seria um marrom um ou dois tons mais claro que a pele, ou um brilho que puxe para o bronze e dourado”, indica Kátia. “Também funciona com um corretivo um tom abaixo da pele, fica até mais natural”, completa Robson. Nesse caso, procure pelos de fundo levemente acinzentado ou esverdeado, pois os mais “quentes” vão parecer blush.

corretivo-iluminador

Já o contorno depende do tom de pele. Nas peles muito escuras na verdade o truque é iluminar os pontos mais altos para criar o contraste. São os lugares-chave que já conhecemos: ponte do nariz, têmporas, arco abaixo da sobrancelha e sobre o v dos lábios. Neste último ponto, aliás, vale o bom senso: “Negras geralmente já têm os lábios grossos, e esse truque dá a impressão de que são ainda maiores”, comenta Kátia.

Quem tem a pele mais clara pode utilizar um pó um ou dois tons mais escuros que a pele e fazer o contorno ao aplicar abaixo do osso da maçã do rosto em direção às têmporas, depois esfumando com o pincel em direção ao blush. Na testa, vá com o pincel rente à raiz do cabelo e puxe para baixo para criar a sombra.

Para alongar o rosto, anote o truque de Robson: aplique um pouco de corretivo/iluminador no centro da testa, logo acima da linha da sobrancelha, e espalhe o produto em formato de leque.

5. E como cuidar das sobrancelhas?

sobrancelha-MACWorkshop_BelezaNegra_porHickDuarte-53

É comum que negras tenham a sobrancelha falhada, por isso vale a atenção a este ponto do make! “O formato quadradinho é mais atual e ainda alonga, bom para quem tem o rosto mais redondo. Mas é importante respeitar o formato original também”, diz Robson.

O maquiador começa o desenho penteando os pelinhos para cima, assim o local da falha fica mais evidente. Com o lápis marrom (busque os de fundo acinzentado e não avermelhados), faça uma linha inferior partindo do canto interno do olho para definir até onde desenhar a sobrancelha. A partir daí, preencha o espaço como se desenhasse pelinhos com o lápis, de leve. Depois, use a escovinha para colocar os fios no lugar ao mesmo tempo em que esfuma a cor do lápis. Finalize com máscara incolor para manter tudo no lugar!

passo-a-passo

Esfumado preto + sombra dourada: make com cara de ryca, bem longe de ficar over, né?!

  • Curtiram as dicas?

Pasta al Limone

Pasta al Limone

This dish takes me back to our honeymoon where G and I had the most delicious meals made from a few, high-quality ingredients. Pasta al limone doesn't take long to prepare, making this a great option for weeknight dinners, while the mixture of tangy citrus and cream is ideal for summer.

2 bedrooms I love…

Right now I’m en route from NYC back to Austin. I’ve got to get some serious work done on my projects, so posting will be limited. For now, I need your advice on bedroom style,  Black vintage vs. White glamour? Which look do you prefer?

bedrooms3

Screen Shot 2014-08-05 at 2.16.33 PM

images & more from my tumblr page.

Escritório fofito (e low budget)

os Achados | Decoração

Por mais que você goste do seu emprego/carreira, vamos concordar que trabalhar não é lá a coisa mais legal do mundo. E é justamente por isso que é tão importante criar um ambiente de trabalho inspirador, com referências, livros e, claro, coisas bonitas para você olhar e automaticamente já se sentir mais motivada. Eu sei que não dá pra sair por aí enfeitando os corredores da firma ou a sua baia cinza e sem graça, mas pelo menos no home office temos a obrigação de fazer uma decoração mais bonitinha, vai?

Se te sobra vontade, mas faltam ideias, a blogueira Marij Hessel, do My Attic, pode ajudar. É que ela montou um escritório lindo em casa com soluções nada absurdas — móveis repaginados, uma planta aqui, um mural lindo ali… Veja abaixo o tim-tim por tim-tim do projeto:

A mesa

Sem dúvida ela é o principal móvel do espaço, mas não precisa necessariamente ser o mais caro. Vocês já devem ter visto a ideia da mesa com base de cavaletes, certo? Tem gente que usa uma porta, velha ou nova, como tampo, mas a Marij usou uma dessas placas de OSB, que são mais baratas que um MDF, por exemplo. (* Tecla sap: OSB é um tipo de painel feito com tiras de madeira unidas com resina). Reparou que aqui esse material virou inclusive uma estante de nichos abertos, né? Também é fácil de montar em casa se você já comprar as tábuas e pedir para a loja cortar no tamanho certinho (a Leroy Merlin faz isso, por exemplo).

Só é bom lembrar que, ergonomicamente falando, a mesa ideal deve ter no máximo 75 cm de altura — pode parecer um detalhe bobo, mas faz uma super diferença pra quem fica horas no computador todos os dias.

A cadeira

Aqui a ergonomia é tão importante quanto — a cadeira escolhida pela blogueira não é das mais confortáveis, mas foi meio improvisada, então damos um desconto. O fato é que um modelo perfeito de escritório, com altura de assento e encosto reguláveis, braços e rodinhas, costuma ser um grande investimento, então quem não está disposto a gastar agora pode usar essa solução temporária com uma cadeira “roubada” da mesa de jantar ou da casa da mãe, da vó, da sogra…

Se a peça for de madeira como essa da foto, você ainda pode pintar, customizar e deixá-la mais interessante — eu acrescentaria inclusive uma almofadinha estampada para reforçar o conforto.

As plantas

Os objetos delicados deixam o espaço mais alegre, mas nada se compara ao efeito das plantas. Não é preciso investir em grandes arranjos ou espécies caras, mas vasinhos com suculentas espalhados pelas prateleiras ou sobre o tampo da mesa já melhoram a energia do ambiente, trazendo vida. Pra aproveitar o pé-direito, também dá para adotar o vaso suspenso com macramê.

As referências

Quanto mais nos cercamos de imagens e propostas interessantes, mais a nossa mente vai estar estimulada para o trabalho. Então ao invés de limitar as inspirações apenas ao Pinterest, que tal voltar ao bom e velho mural de cortiça? Cartões postais, recortes de revistas, post-its, bilhetes… Até um simples papel colorido pode dar mais graça à composição. E o legal é que você pode mudar as referências conforme o estado de espírito, o mês, a fase lunar…

Vale juntar todas as ideias, ou pelo menos algumas delas, para montar o próprio escritório em casa, não vale?

The post Escritório fofito (e low budget) appeared first on Os Achados.

Meu look – Floral!

20140804-085036-31836038.jpg

Ontem tivemos um almoço delícia no hotel Bellagio aqui em Vegas e decidi usar um look bem colorido, combinando com a cidade e o dia lindo que tivemos!

Esse vestido de estampa floral já é da minha coleção para a Skazi, e uma das minhas grandes paixões! O bacana é que além de estampado, o tecido é como um brocado e não apenas algo com superfície lisa sabe?! Amo esse efeito que essa combinação cria na roupa…

Nos pés, a sandália delicada na cor cinza deu um tom neutro e ao mesmo tempo não tão comum ao look né?! E a bolsa rosa fluorescente, dá aquele toque fashionista ao visual, olhem só:

ThassiaNaves_Vegas3-12

ThassiaNaves_Vegas3-8

ThassiaNaves_Vegas3-5

ThassiaNaves_Vegas3-16

ThassiaNaves_Vegas3-11

ThassiaNaves_Vegas3-3

ThassiaNaves_Vegas3-6

ThassiaNaves_Vegas3-9

ThassiaNaves_Vegas3-2

ThassiaNaves_Vegas3-13

Vestido – Skazi por Thassia Naves | Sandália – Schutz | Bolsa – Dior | óculos -

E então, gostaram do look?!

Bisou, bisou!

Look da Lu: trés chic!

Todo final de viagem (essa é minha última semana por aqui!) eu enfrento o mesmo dilema: enjoo de todas as roupas da mala, hahaha! Sempre acho que trouxe menos peças do que deveria e começo a demorar horas pra escolher o que usar… E em momentos assim nada melhor do que ter peças básicas e simples de combinar, né?

O look é todo assim, partindo da camiseta Vandal. Gostei tanto das opções de estampa da marca (são MILHARES! Mentira, não contei, mas fiquei no mínimo uma hora escolhendo, tem muita coisa, inclusive masculina) que trouxe quatro comigo pra Milão (duas já apareceram no instagram aqui e aqui) e ontem a tarde usei a terceira pra ir jantar.

Combinei a camiseta com calça preta de modelagem mais solta e um salto pra variar um pouco, tenho usado sapatos baixos quase 100% do tempo por aqui e tava com saudade do efeito de um bom salto, hehehe!

vandal4vandal2
vandal3
vandal5
vandal1

Tô usando:

Camiseta Vandal
Calça COS
Sandália Schutz
Bolsa Balenciaga
Óculos Dior
Pulseiras & other stories

O post Look da Lu: trés chic! apareceu primeiro em Chata de Galocha! | Lu Ferreira, e é de autoria de Lu Ferreira.

Look do dia: Saia jeans

O Dani brinca que eu sou um jacaré porque quando o frio dá uma pausa e sai o solzinho, eu adoro ficar com a perna de fora tomando sol… bem a toa na vida! kkk Aproveitei esses dois dias de sol da semana pra estrear o short saia jeans que ganhei quando estava no evento do Mega Polo Moda. Parece saia na frente, mas por baixo e atrás é short!

Os óculos são aqueles que mostrei no post da Chilli Beans e estou adorando, porque é raro um aviador ficar bom no meu rosto e esse funcionou! A maioria dos que já testei (Ray-Ban inclusive) me deixa com uma cara meio derrubada e triste, porque tem a lente mais caída na lateral. Se você também tem essa dificuldade (alô NANI!), experimenta esse quando for no shopping!

Usei esse look ontem pra sair (almoçar, ir no mercado, buscar ração dos gatinhos, ir na farmácia, ir no apto antigo… ) e pra gravar um vídeo de perguntas do grupo do JL no Facebook.

lookdodia395

• Camisa listrada branca e pink Zara
• Short saia jeans Vybora Jeans (presente)
• Óculos de sol aviador Amapô para Chilli Beans (presente)
• Bolsa preta box 284 via Enjoei
• Mocassim envernizado Via Mia (presente)
• Pulseiras e colar 25 de março (post aqui)

lookdodia395-2

lookdodia395-3

lookdodia395-saia

lookdodia395-mocassim

lookdodia395-blusa

lookdodia395-relogio

lookdodia395-lia

O esmalte é o Cobalt Green da Kiko e o batom eu esqueci de retocar depois do almoço.. kkk

Mania – Colete jeans!

Se tem uma peça que eu amo é o colete! Acho super prático pra esse nosso clima “fresco”. O frio não congela e o calor não derrete (tô em BH, hein? Eu sei que o calor derrete em outros lugares! hahaha)

O colete funciona muito bem no calor sobre vestidinhos e blusas mais leves. E também é ótimo no frio, quando a gente pode jogar uma blusa de manga comprida por baixo. Além de ser uma peça a mais na produção, deixando tudo mais interessante, né?

Tenho amado ainda mais os coletes jeans e estou louca para ter todas as variações possíveis no meu guarda roupa! Quero um claro, um manchado, um rasgado e outro de jeans molinho… Todos compridos! Pouco né? hehehe Vou sair hoje pra tentar achar um desses e acho que não vai ser muito difícil, né? Vamos ver se dou sorte…

Minha mania veio de uma pesquisa de looks de viagem para uma cliente! Fui juntar idéias para ela usar o colete dela e agora estou aqui… viciada… hahahaha

Olha só um pedacinho da pesquisa: (Clica na imagem que ela fica maior!)

blog_anapaulapedras_colete_jeans_1
blog_anapaulapedras_colete_jeans_12
blog_anapaulapedras_colete_jeans_3
blog_anapaulapedras_colete_jeans_5
blog_anapaulapedras_colete_jeans_6
blog_anapaulapedras_colete_jeans_9
blog_anapaulapedras_colete_jeans_10
blog_anapaulapedras_colete_jeans_8
blog_anapaulapedras_colete_jeans_7
blog_anapaulapedras_colete_jeans_2
blog_anapaulapedras_colete_jeans_4
blog_anapaulapedras_colete_jeans_11

Os coletes jeans acrescentam aquele toque “dexxxcolado” à produção e ela fica com uma cara menos certinha, engomadinha, sabe? Os modelos mais compridos são perfeitos pra esconder gordurinhas laterais e ótimas opções pra quem não tem muita cintura!

Uma roupa, uma historia!

Foi muito emocionante escrever esse post. Quando eu vi esse vídeo da Samsung Lava e Seca (@samsungbrasil), cai no choro de emoção e me veio uma história na cabeça que pouca gente sabe. Percebi que não sou só eu que guarda grandes lembranças junto com as roupas. Elas carregam história e boas lembranças.

Eu tinha um vestido que comprei em uma viagem para Londres e que eu era apaixonada por ele e sempre guardava um momento especial para usar. É um vestido do Alexander McQueen, que custou super caro e que é de tricô, material que exige cuidado e deve ser lavado com super delicadeza para conservar. Ai resolvi usar para sair um dia e simplesmente tudo deu errado. Sabe aquele dia que você volta para casa querendo voltar para a barriga da mãe? Bem assim. Jurei que nunca mais iria usar aquele vestido que comecei a chamar de azarento. Até que um dia conheci um rapaz muito lindo na academia e ele me chamou para um first date! Ummmm! O primeiro e blind date! O dia foi super corrido e na hora de sair para jantar tive que me arrumar super rápido e veio a pergunta. O que vestir? Sabe quando você parece não ter nada no guarda roupa? Me bateu o desespero e a única roupa linda e fácil de vestir e que estava ali era o tal azarento. Vestir ou não vestir? Eis a questão. Resolvi testar o tal vestido e…. Aquela foi a melhor noite da minha vida. Foi a primeira de muitas noites felizes com o meu amor. A noite que conheci o homem da minha vida.

Clique aqui para assistir o vídeo inserido.

Depois desse dia eu guardo esse vestido com o maior carinho e sempre que vamos sair para comemorar qualquer coisa uso sempre o mesmo vestido ex-azarento. Lavo com cuidado e carinho para que ele carregue para sempre um pedaço da história que me faz muito feliz.

lala-noleto

Jeff Koons: A Retrospective

This summer the Whitney Museum of American Art has gone big, bright, and shiny in the first retrospective dedicated to the illustrious and at times inflammatory career of Jeff Koons, an artist that has spent decades pushing the bounds between what is mass produced versus museum-worthy.  Koons’ whimsical oversized sculptures break the traditional bounds of the art world, tapping into childhood memories that resonate with the masses in his larger than life pop-colored play-doh piles and mirrored balloon animals shined to the point of perfect reflection that Koons may as well have created them with an instagram-eye in mind.  The playful uninhibitedness of the exhibition is entirely intentional. “All that matters in life and in art is human interaction,” said Koons about his work’s undisputed enticement.

For Jeff Koons; A Retrospective the Whitney has gathered almost 150 of Koon’s artworks, on loan from some of the biggest collectors around the globe, to fill their Madison Avenue museum space one last time before moving to it’s new home in the Meatpacking District.  Tracking Koon’s art career and concurrent celebrity since 1978, the exhibition rounds up Koons’ most iconic works, including a tank encasing a mysteriously hovering basketball, inflatable pool toys turned high art, and the (in)famous gilded statue of Michael Jackson and his chimpanzee Bubbles.  Whether making you rethink the use of a vacuum cleaner or the meaning of a perfectly pink frosted piece of cake, Koons is in the business of challenging the everyday with a balance of kitsch and wit.

The exhibition also includes Koon’s ‘Split-Rocker,’ a sculpture which pieces together children’s toys and has been recreated in greenery and live flowers for a special 37-foot-tall topiary sculpture installation on public display in Rockefeller Center, timed to coincide with the Whitney exhibition by The Public Art Fund.

Jeff Koons: A Retrospective will be in New York City through October 19th, and will then travel to the Centre Pompidou, Musée national d’art modern in Paris (November 26, 2014–April 27, 2015), followed by the Guggenheim Bilbao in Spain (June 5–September 27, 2015).

Como Usar Jeans com Jeans

os Achados | Moda

Sabe essa imagem que você está vendo na capa? Pode esquecer! Estou aqui para desmistificar essa dupla (o jeans, não o casal!) e afirmar pra vocês que jeans com jeans é uma ótima opção na hora de se vestir.

Se você ainda acha que essa ainda é uma regra do que não fazer na moda, pode riscar do seu caderninho. Está liberado!

Essa tendência chegou há algumas temporadas e está mais do que aprovada para o dia a dia. Fica perfeito para quem trabalha em ambientes informais e dá um toque de modernidade e estilo únicos.

E não vou dizer que há regras de lavagens, pois a cada look que eu selecionava elas se quebravam. Então, reina o bom senso e o nosso melhor amigo: o espelho! Dica: um jeans destroyed com um mais arrumadinho dá um bom contraste.

Os acessórios são aliados essenciais para trazer estilo a esse look. E também vale de tudo, afinal jeans é neutro! Meus preferidos são os acessórios com toque boho: animal print, chapéus e cintos poderosos. Os sapatos também servem como ponto de destaque na produção – essa é a hora de usar os poderosos, coloridos e divertidos.

Homens, essa tendência também vale para vocês. Selecionei vários looks lindos para arrasarem cheios de estilo por aí.

Convencidas(os)?

The post Como Usar Jeans com Jeans appeared first on Os Achados.

Dica da Leitora!

É sexta feiraaaaa, é sexta feiraaaa! Mentira, não é não. Ainda é terça, mas faz de conta que teremos uma sexta extra para um DDL recheado de dica boa! Dica 01 – Bárbara Amei essa dica pois tenho uma blusa super parecida que comprei na Zara e fico regulando o uso pra ela não “acabar” […]

Neutral Ground

If I’m being honest, I haven’t taken advantage of white jeans / white shorts this summer as much as I should. Why is it that when it’s say, February, white jeans are all I can think about and now that I have full seasonal freedom to wear all the white I want I’m only drawn to black? I’d like to say that this outfit has been on heavy rotation in summer but honestly it’s been black shorts over and over. So I’m thinking about upping my white denim game while I still have the summer. Be prepared for a white overload in case it happens. 
_____________________
Gorjana ‘Teagan’ Cuff
DV Caged Heels
_______________________


Look du jour: Cute little white dress

FashionCoolture - 05.08.2014 look du jour Chikluk  (1) FashionCoolture - 05.08.2014 look du jour Chikluk  (2) FashionCoolture - 05.08.2014 look du jour Chikluk  (3) FashionCoolture - 05.08.2014 look du jour Chikluk  (4) FashionCoolture - 05.08.2014 look du jour Chikluk  (5) FashionCoolture - 05.08.2014 look du jour Chikluk  (6)

.

vestido|dress: ChikLuk

chapéu|hat: Oasap

bolsa|bag: Asos

sapato|shoes: Chicwish

.

    A melhor opção para um dia de calor é sempre um vestido fofo e fresquinho, uma peça única que dispense complementos! Por isso hoje a minha aposta é esse vestido lindo de formigas da ChikLuk, estampa fofinha e boa para um look black & white. Nos acessórios tem chapéu Oasap, bolsa com orelhinhas da Asos e sapato da Chicwish.

—————————–

   The best choice for a hot weather is always a cute and simple dress, an unique piece that works well. So I chose this sweet printed dress with cute  little ants all over it, just perfect for a black & white outfit. Accessories with Oasap classic hat, ears bag from Asos and Chicwish shoes.

.

FashionCoolture - 05.08.2014 look du jour Chikluk  (7)

Um Ano Sabático – Quando a gente se sabe

os Achados | Comportamento

Enfim chegou à sua cidade…

Estava saudosa da sua cama. Do cheiro da sua casa. Ninguém foi buscá-la no aeroporto. Preferiu assim. Já tinha andado tanto sozinha… por que não agora? Aprendera, ou melhor, notara, quando viajava, que gostava dessa sensação de se sentir livre. Não era um se sentir livre de fazer o que quisesse. Isso já tinha. Mas a liberdade em si, do agir, de um estado de ser quem realmente era. Quase uma desconhecida. E de certa forma fazia com ela preservasse aquela sensação de ainda estar viajando…

Era inverno. O céu anunciava que logo a noite chegaria. Teria que esperar o dia seguinte pra ver a cidade. A cidade cinza. Das linhas. Dos fios. Das caixas. Dos poucos jardins. Do sem tempo. Do preto no branco. Fazia parte disso e se questionava o quão impressionante era que tivesse preferido voltar. Perguntava-se ainda do por que, mas amava estar de volta. A cidade estava vazia,  era feriado. Mas logo estaria explodindo de buzinas e carros.

Quando o táxi parou em frente ao seu prédio se sentiu como uma criança ansiosa para abrir os presentes na noite de Natal. O porteiro, logo a reconheceu, e se dispôs a ajudá-la. Apreciou esse momento, mas o fato é que não trazia muitas malas. Na verdade voltava com uma mala a mais e daquelas de cabine. Nada de excessos. Desapego. Menos é mais.

Abriu com cuidado a porta de casa e inspirou profundamente a doce sensação de estar na sua casa. Queria abraçar cada uma de suas plantas e a árvore, sua vizinha, que fazia parte da sua casa. Tinha sentido falta dela. De certa forma aquela árvore tinha sido sua âncora nos momentos de turbulência. Sua base e seu escudo. Tempos atrás, em alguns momentos de depressão ficava sentada no chão da sala olhando para aquela árvore que de alguma maneira, ainda que imaginária ou simbolicamente, ajudava-a fincar os pés no chão e a se levantar. Aquela paisagem fortalecia assim a si própria.

Sua casa estava limpa e arrumada. Suas irmãs tinham cuidado de tudo para recebê-la. Flores, mimos, chocolatinhos, bilhetinhos e surpresinhas. Na geladeira tinha tudo que ela gostava para o primeiro café da manhã e até o chazinho da noite. Se emocionou. Era essa sensação de pertencimento que talvez tenha apressado sua volta.

Queria um banho e cama. Mas estranhamente não havia água quente. Verificou o gás. Nada. As pilhas do aquecedor. E nada. Recorreu ao chuveiro elétrico. Nada de água quente. Sentiu subir aquele súbito mal humor. Ok ok ok vamos de água fria mesmo. Amanhã resolvo isso. Mas amanhã era domingo de véspera de feriado. Acabou que no dia seguinte debandou para o sítio de uma amiga.  Alguém perguntou.

Mas mal chegou e já vai de novo?

Quando voltou foi resolver o problema da água quente e descobriu que estava abrindo o registro errado de água, por isso a água quente não chegava. Riu da situação – mais de 10 anos abrindo o registro “de um jeito”, bastou ficar dois meses fora e já tinha se adaptado ao outro jeito. Bom sinal.

As buzinas começaram, o trânsito e o inverno se mostraram pra valer. A medida que ia avisando um e outro amigo que estava de volta, a vida social começava a tomar forma. Ela gostava. Sempre gostou de pessoas. Embora sentia-se um pouco preguiçosa nos últimos tempos. No fundo, sabia,  a dor das perdas, tinham a ensinado a ficar sozinha (mesmo). De certa forma, até gostava. Ficava bem. Revia e organizava fotos, se cercava de livros e revistas, e começava a escrever… Não eram mais desabafos, lamentos ou rompantes de alegria das coisas boas e novas, como escrevia nos diários de alguns anos atrás. Era uma conversa nova, de mulher pronta; apesar de ainda se sentir uma menina, sabia que tinha amadurecido.

Meio que em um processo de metamorfose, passou aquele mês, talvez um pouco demais, no seu casulo. Sem hora para acordar ou dormir, sem rotina. Seu único compromisso era estar livre com ela mesma. Se teletransportou para a literatura do mundo de Murakami e leu os dois primeiros volumes de 1Q84. Mergulhou nas sessões de cinema e DVD.

Entre cafés, almoços e jantares encontrava os amigos. Redescobriu sua cidade através das longas e solitárias caminhadas que fazia. Saboreava cada prato ou sobremesa que havia sentido saudades. E parecia que não largaria mais o hábito de tomar uma taça de vinho todos os dias. Fotografava cada descoberta ou redescoberta. Passava muito tempo buscando coisas novas. Consumiu muita informação. Sabia que muito poderia ser feito, mas não sabia ainda por onde começar.

Não lembrava desde que começou trabalhar (e isso aconteceu cedo), das vezes que tinha ficado sem trabalho (leia-se emprego) em que passasse um dia sem pensar como e quando arrumar um novo trabalho. Mas agora, era diferente. Era inédito. Não tinha dívidas. Fez contas e poderia viver de suas reservas por um tempo. Não que esse fosse o objetivo. Mas precisava de tempo para seguir  seu caminho daqui pra frente. Precisava arriscar. Fez alguns cortes. Se quisesse mudar de vida sabia que teria que mudar a forma de ver as coisas ao redor e a si própria. O ditado menos é mais teria que ser pra valer. Tinha pensado em passar um tempo maior fora do país, ainda poderia considerar essa possibilidade. Entretanto, no fundo do seu coração, sabia que não era isso que iria mudar sua vida, mas sim uma atitude de dentro pra fora, de ação presente, para fazer o que realmente queria fazer – além de voltar a estudar, ter um trabalho que a realizasse. Tinha chegado o momento de contribuir de outra forma para sociedade e para si mesma. Era nisso que pensava e acreditava… Aliás, frequentemente, lhe ocorria como alguém poderia não pensar nisso?

Não sabia de onde tirava a certeza que as coisas aconteceriam. Era uma questão de tempo. E se não conseguisse, se precisasse, se adaptaria e voltaria ao mercado “tradicional” de trabalho.

Mas e agora?

O que você vai fazer?

Quanto tempo vai ficar assim?

- Assim como? Pensava ela… Assim, feliz?

Percebeu que seria mais difícil mudar como as pessoas a viam, que a si mesma… Simplesmente porque as pessoas não esperam que você mude. Começou a entender o preço dessa fase nova da sua vida.

 Tinha deixado muitas coisas pra trás e sentia que agora era pra valer. Já não queria perder tempo com coisas pequenas. E de certa forma achava que tudo era pequeno. Não por descaso das coisas ou por se sentir soberba. Mas entendia que as coisas que enxergava antes como grandes, se tornaram pequenas, e as pequenas, grandes. Coisas vêm e vão.

Um dia pareceu ter compreendido o real significado do sabático. Era como percorrer o caminho de Santiago de Compostela. Mesmo não tendo percorrido este de fato, o sentido, segundo alguns relatos que ouvira, era o mesmo. Não importa o lugar ou o caminho percorrido, importa a presença e a lucidez durante o trajeto… E as escolhas.

p.s.: Foi mais difícil escrever esse post e em terceira pessoa. Mas tinha que ser assim. Precisava olhar de “fora”, como um observador minha chegada em São Paulo, depois de dois meses pode-se dizer “na farra”. Foi um momento especial de introspecção para processar os últimos quase 3 anos somados a redescoberta ou resgate da minha alma (que voltava de férias, pra quem acompanhou meus escritos desde o começo). Uma desconstrução que reconstrói.

Confira todos as partes desse ano sabático aqui.

The post Um Ano Sabático – Quando a gente se sabe appeared first on Os Achados.

Batalha: Kesha

Desde a última batalha e a sua saída da reabilitação, a cantora Kesha já trocou de visual quatro vezes – a gente nem consegue acompanhar!

Depois do loiro curto com mechas verdes, ela resolveu apostar em cabelo longo. Assim, primeiro continuou com o loiro, mudou para rosa claro e depois roxo! Finalmente, a cantora agora parece ter sossegado com a cor azul clara e os fios longos e ondulados.

As últimas mudanças tem sido na coloração, sempre em tons pastel! Será que ela vai continuar até completar o arco-íris todo?

Quero saber a opinião de vocês! Cliquem no look que vocês acham mais bonito!

→ Veja também: Estilo Kesha

 

Currently Obsessed: Only You Hotel Madrid

only you padrino
Lázaro Rosa Violán’s work is a beautiful blend of classic pieces composed with modern verve. The look is thoughtful and deliberate, yet each space resonates with an effortless nature. The layered spaces he designs are filled with eclectic pieces, bold patterns, rich colors, and art from a cross-section of periods, all composed with brilliant panache. Lázaro has been at the top of my list of favorite interior designers for several years now. His work inspires me beyond measure. I’ve blogged about him several times before and even had the chance to meet him when Fabian and I visited Barcelona a few summers ago. Lázaro was gracious enough to invite us for a visit to his ultra chic atelier which you’ve probably seen all over Pinterest as well as in the pages of AD España. What I admire most about his work is that it is all truly his. Every element in every space he works on is designed by Lázaro himself—every chair, every table, every light fixture or lamp, every piece of art. The man is a true artist. Over the weekend, I decided to look at his website for some inspiration and was elated to see that it had been updated with photos of recently completed projects including the Only You Hotel in Madrid.

only you lounge

 {The Lounge features a Variety of Seating}

 Lázaro’s interiors are beautifully layered, with various styles blending together perfectly. The palettes he chooses are typically sophisticated and restrained, usually with one bold accent color. In the case of the Only You Hotel, the color of choice is navy blue, which I absolutely love! Throughout the hotel, housed in a 19th century mansion, navy blue is paired with crisp white and some chinoiserie accents. I have been craving another trip to Spain recently — it’s been nearly three years since our last visit and seeing these images is just amplifying my urge to book a ticket to Madrid right away!

only you el pais3

 {The bold contrast of navy walls and white trim set a chic tone in the lounge.}

only you el pais

 {A Cozy Corner in the Lounge}

only you reception

 {In order to camouflage the elevators in the reception area, Lazaro had a blue and white Chinoiserie scene painted onto a tile wall.}

only you elevator

{This may be the chicest elevator ever.}

only  you el pais4

{The building’s central courtyard serves as a dining room.}

only you bar

{The bar features beautiful woodwork in a pale wash.}

only you mapas

{The “Mapas” room is covered in maps from around the world and looks like a great place to start the day with a cup of coffee and Madrid guidebook.}

only you restaurant

{The hotel’s restaurant features amazing lighting and custom millwork with mirrored insets.}

only you restaurant2

{Stylish Details}

only you room

{The guest rooms feature a chic white and navy color palette with nailhead accents, stylish lighting, and bold, geometric floors.}

only you el pais2

{How fabulous is this junior suite with its soaring, beamed ceiling and built-ins?}

only you junior suite

{Another View of a Junior Suite}

only you junior suite fireplace

{Junior Suite Living Area}

only you secret terrace

{Amazing Blue and White Terrace Attached to a Suite}

only you facade

{The hotel features an elegant white facade complete with iron balconies. To the left, the Padrino Libreria, which was a bookstore for decades now houses the hotel’s bar and lounge.}

Signature-3_thumb-25255B1-25255D6

{Image Credit: Only You Hotel and El Pais}

Amostrinhas: MAC Prolongwear Blush cor Eternal Sun

eternalsun1

MAC Prolongwear Blush cor Eternal Sun

Dando continuidade à série de amostrinhas dos blushes da linha Prolongwear da MAC, aqui está o tom Eternal Sun!

Vale lembrar que este não é um post de resenha, porque já resenhei a cor Stubborn e fiz amostrinhas dos tons Blush All Day e Stay Pretty.

Para quem está chegando agora, a linha Pro Longwear tem fórmula de textura fina, pigmentação bacana e longa duração.

eternalsun2

eternalsun3

Eternal Sun esfumado e concentrado

Eternal Sun é bronze alaranjado de acabamento acetinado.

Acho que é uma cor bonita de blush para meninas mais morenas e o bacana é que além de ser aplicada nas bochechas, ela também pode ser usada para dar um ar mais bronzeado à face ou até para fazer os contornos do rosto.

O tom pode funcionar para meninas de pele clara, mas é legal ter um pouco de cuidado e não pesar muito a mão durante a aplicação.

eternalsun4

Eternal Sun em close

eternalsun5

Eternal Sun no carão

Das cores de Pro Longwear Blush que experimentei até o momento, esta é a mais escura e de pigmentação mais forte.

Uma unidade custa R$119 nas lojas e site da MAC ou no site da Sephora.